top of page

O Processo de Kafka

Ainda no ano de 2023, dediquei um tempo para a leitura do livro "O Processo" de Franz Kafka. Este livro tem sido comentado em vários ambientes atualmente por conta da certa similitude com certos acontecimentos atuais em nosso país. Mas o que de fato traz este romance de Kafka? Esta resposta motiva hoje muitos leitores a procurar esta obra.

O livro de Kafka traz a história quase monótona de Joseph K., funcionário de um banco que inesperadamente recebe em seu pequeno apartamento dois agentes de justiça, pelo menos assim se apresentavam. Estes sem muitas explicações, o guardam - seria melhor dizer prendem - em seu próprio quarto à espera de um terceiro funcionário da justiça que o viria interrogar.  


Assim, deste modo inesperado e sem qualquer ato que o tenha provocado, começa o livro em que Kafka nos apresenta um tema para além da mera ficção literária, um tema que assombra as nações democráticas: absolutismo judiciário, ou ditadura do judiciário. Apesar de não ser um livro sobre política em sua intenção primeira, "O Processo" acaba trazendo à baila o tema da preocupante anomalia de um sistema que deveria ser escravo das leis positivas criadas sob a batuta das liberdades individuais, mas que resolve revoltar-se contra seu senhor e assumir a própria existência como única autoridade, mesmo  sobre a própria verdade e realidade.


Claro que a trajetória de Joseph K. desenrola-se com muitos pormenores, mas que servem de ilustração e apresentação desta corrupção existencial e funcional de um sistema que não deveria existir por si mesmo, senão em função de algo maior que a si mesmo. Por isso, muitos casos estranhos do nosso tempo acabam ganhando a alcunha de "processo kafkaniano", remetendo a esta semelhança que na obra de Franz Kafka encontramos com a realidade.


Uma leitura muito interessante para nossos dias, que serve-nos também para alargar nossos horizontes literários.


Ainda no ano de 2023, dediquei um tempo para a leitura do livro "O Processo" de Franz Kafka. Este livro tem sido comentado em vários ambientes atualmente por conta da certa similitude com certos acontecimentos atuais em nosso país. Mas o que de fato traz este romance de Kafka? Esta resposta motiva hoje muitos leitores a procurar esta obra.


O livro de Kafka traz a história quase monótona de Joseph K., funcionário de um banco que inesperadamente recebe em seu pequeno apartamento dois agentes de justiça, pelo menos assim se apresentavam. Estes sem muitas explicações, o guardam - seria melhor dizer prendem - em seu próprio quarto à espera de um terceiro funcionário da justiça que o viria interrogar.


Assim, deste modo inesperado e sem qualquer ato que o tenha provocado, começa o livro em que Kafka nos apresenta um tema para além da mera ficção literária, um tema que assombra as nações democráticas: absolutismo judiciário, ou ditadura do judiciário. Apesar de não ser um livro sobre política em sua intenção primeira, "O Processo" acaba trazendo à baila o tema da preocupante anomalia de um sistema que deveria ser escravo das leis positivas criadas sob a batuta das liberdades individuais, mas que resolve revoltar-se contra seu senhor e assumir a própria existência como única autoridade, mesmo sobre a própria verdade e realidade.


Claro que a trajetória de Joseph K. desenrola-se com muitos pormenores, mas que servem de ilustração e apresentação desta corrupção existencial e funcional de um sistema que não deveria existir por si mesmo, senão em função de algo maior que a si mesmo. Por isso, muitos casos estranhos do nosso tempo acabam ganhando a alcunha de "processo kafkaniano", remetendo a esta semelhança que na obra de Franz Kafka encontramos com a realidade.


Uma leitura muito interessante para nossos dias, que serve-nos também para alargar nossos horizontes literários.


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page