top of page

O Dia do Olavo

Antes de encerrar este dia preciso escrever algo sobre esta data, dia 24 de janeiro. Neste dia lembramos o falecimento do maior pensador brasileiro que tivemos a honra de conhecer, ouvir e assistir, o professor e filósofo Olavo de Carvalho. O dia 24 de janeiro de 2022 dificilmente será esquecido por aqueles que, de longa data ou neófitos nas aulas deste filósofo, puderam entender e se admirar com a clareza e simplicidade com que emanava a profundidade dos temas abordados, e com grandíssimo arcabouço cultural, fruto de décadas de leituras e estudo.



Faço questão de lembrar desta data e certamente o farei no futuro novamente, pela necessidade de deixar viva na memória de quantos forem possíveis o resultado de trabalho tão profundo e sério desenvolvido pelo intelectual Olavo de Carvalho. Parece pouco o que digo, mas para aqueles que ainda lembram de figuras engomadas e que gostam de reunir platéias numerosas como exemplos de filósofos, faz-se necessário ao menos apresentar um verdadeiro filho do esforço filosófico autêntico para não encontram-se em uma ignorância invencível, mas que assumam a própria falha ao não atendem ao apelo da realidade e da bondade divina em inspirar homens como Olavo, para se tornarem faróis que iluminam os caminhos de mentes ainda perdidas nesta bruma de ignorância e fantasia na qual se tornou a sociedade humana.


Este dia precisa ser importante para a filosofia brasileira, para lembrar que filósofos verdadeiros ainda existem, que eles normalmente ficam décadas escondidos em meio a seu trabalho de aproximação da sabedoria, para só mais tarde, depois de muito esforço e paciência, apresentarem ao mundo o resultado de seus estudos, observações e contemplações.


Pedir para que todos conheçam a obra de Olavo de Carvalho já se tornou comum entre os textos publicados sobre sua vida, mas vale a pena lembrar. Leiam os livros do Olavo, começando pelo Jardim das Aflições (1995); O Imbecil Coletivo (1996); e O Mínimo que Você Precisa Saber para não ser um Idiota (2013). Claro que sua obra avança em outros livros como Apoteose da Vigarice (2014); Aristóteles em Nova Perspectiva (2016), entre outros. Seus livros são facilmente encontrados na internet para a compra, assim como vários comentários sobre eles, geralmente de ex-alunos de Olavo.


A importância de ressaltar o “dia do Olavo” ainda crescerá à medida que cresce o número dos que entendem sua importância para a cultura intelectual dos brasileiros, assim como a influência que ele ainda manifestará nas mais diversas áreas através dos seus ex-alunos e dos seus leitores.


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page