Onde está Cristo? Um repúdio aos lobos no redil

Onde está Cristo? Onde está a Cruz? Onde está a fé?


A Igreja Católica está eivada de humanistas cheios de responsabilidade democrática e social e vazios de qualquer presença de Cristo, do Céu, da eternidade. Suas posturas refletem a pobreza que movimentos ideológicos como a Teologia da Libertação lutaram para impor na vida eclesial da Igreja de bi-milenar de Jesus Cristo. O que vemos sair de suas bocas não são mais os fundamentados e edificantes discursos, homilias e sermões dos grandes santos e doutores da Igreja, mas sim regras sectaristas e de controle social, que se alinham perfeitamente ao que o mundo oferece de mais perverso, o controle tirânico sobre a humanidade livre.



Os bispos e padres não sabem mais falar da Igreja divina, pois somente desejam viver a sociedade eclesial com CNPJ e que lhes garante um bom viver, com conforto e sem preocupações temporais.

Onde está Cristo? Não sei se está na vida destes pobres coitados que depositaram nas mãos do mundo e das leis humanas toda a confiança, eliminando qualquer resquício de racionabilidade guiada pela fé. Tudo é irracional nos ditames de muitos bispos e padres. Pululam decretos que simplesmente repetem o que políticos mal intencionados determinam mundo afora. Multiplicam-se sinais de um novo apartheid religioso, mas desta vez vindo dos próprios "pastores", os que deveriam cuidar das ovelhas. Lobos! Aos poucos, e espantosamente, acabamos descobrindo que inserimos dentro do redil de Cristo muitos lobos que agora não duvidam em mostrar em qual senhor depositam o temor.


Onde está a Cruz? Não se fala mais da cruz, porque o mundo já pode nos livrar de todas as cruzes, segundo estes lobos agora revelados. Suas igrejas com portas fechadas para os cristãos, com cancelas sanitárias não fazem outra coisa senão repetir o que os adversários de Jesus faziam. São sepulcros podres, almas envenenadas por uma adoção integral de tudo o que não foi edificado pela fé e dentro das tradições cristãs. Assim, acabamos encontrando um bando enorme de membros do clero que são formados e formadores de servos do mundo, e sabemos quem é o príncipe deste mundo!


Onde esta a fé? Não existe. Pelo menos a fé da Igreja de São Bernardo de Claraval, de Santa Teresa D'Avila, de Santo Agostinho, de Santa Maria Goretti. Os cristãos assistem atônitos o exercício de uma fé nas próprias forças e engenhosidade humana. E desde quando é esta fé que nos salva? Onde bispos e padres aprenderam que o temor aos ditames do mundo deve ser maior que o temor a Deus, segundo tudo o que a Igreja sempre ensinou em mais de dois mil anos?!


O fiel católico não teme o mundo. O fiel católico sabe que o mundo e seus ditames não refletem a sabedoria divina. Infelizmente a imensa maioria dos católicos no mundo inteiro foi mau formada e mau catequizada nas ultimas décadas, e isto vai resultar num aparente conformismo com tudo o que vemos. Mas Deus é o senhor do tempo e da história, e o fiel católico que sabe disso, e por isso resistirá as tiranias e usurpações, pois sabe que este mundo e seus controlados passaram, e a eternidade virá para todos com sua mão poderosa e justa.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Parece que muito cristão esqueceu de falar sobre Jesus Cristo, e passou a tratar sua Pessoa com algo suposto, suposto demais, podemos dizer. O que vejo é uma lamentável diluição do tema Jesus Cristo e

Ontem, o mundo católico iniciou a chamada Semana Santa, um dos momentos intensamente significativos e por isso mesmo, muito atacado através de várias táticas linguísticas e com certo uso de marketing

Neste dia completam-se 14 anos da recepção de um dos sacramentos ministrados pela Igreja Católica que visivelmente mudou minha vida. Não quero falar sobre minha dignidade ou indignidade ao recebê-lo,