top of page

Uma nação sob ameaça

Atualizado: 25 de ago. de 2022

No Brasil já nos encontramos mais uma vez em meio a disputas eleitorais, o que parece ser uma chaga para esta nação visto as décadas de alucinação apresentada aos brasileiros nos mais variados cantos do Brasil.


Neste ano surge uma ameaça real de retrocesso no penoso e doloroso processo de liberdade intelectual e religiosa deste povo que por muito tempo viveu acorrentado numa ideologia escravagista, corrupta e assassina. Sei que muitos ainda me tomaram como exagerado nos adjetivos, mas estes mesmos não conseguiram negar a fundamentação que me faz chegar a isto.


Parece óbvio que estou falando destas décadas em que a esquerda política controla todas as estruturas desta República, e aqui levo em consideração a esquerda nomeadamente assumida e os grupos que tentam qualificar-se como equilibrados mas tendo os pés num socialismo de tipo “fabiano”. Tanto um grupo como o outro sempre governou e equipou o Estado desde a última Constituição, de modo que o que hoje temos é um “monstro” estatal que não deixa um pensamento mais direitista com princípios conservadores entrar e guiar a máquina do Estado para um caminho mais convergente aos ideais tradicionais e conservadores.


Quando digo que os que governaram este país até 2018 refletem uma ideologia escravagista o digo no âmbito intelectual e cultural, pois todas as decisões, todas as diretrizes construídas e aprovadas são intencionalmente para direcionar a "mente e o coração" da população em geral. Através de táticas de comunicação, de simples campanhas midiáticas, e tantas outras pequenas ações, que me fazem lembrar do panis et circus dos imperadores romanos, os brasileiros são adestrados e assim escravizados a pensarem como num “cabresto intelectual” que rege também a moral e os costumes. Gerações depravadas moralmente são resultados de valorização também estatal de todos os vícios que podem corromper uma mente em sua formação. Esta escravização literalmente promove a louvação da imoralidade.


Corrupta na raiz por justamente buscar a destruição da evolução humana moral e intelectual. Corrupta por entender em suas estruturas que nunca poderá comandar uma nação virtuosa, um povo de valores fortalecidos, com uma verdadeira independência cultural e intelectual. A corrupção financeira é apenas uma consequência visível desta veia corruptível da ideologia esquerdista.


Pelo dito anteriormente, especialmente se chega ao entendimento desta responsabilidade assassina destes governos esquerdistas, pois sua gana sedenta por dinheiro e poder levou milhares de pessoas a viverem na pobreza, atrasando a evolução de vários locais em nosso país, onde muita gente poderia não se encontrar mais vivendo na miséria e pobreza. Assassinos também pelas nefastas ideias que motivam e tentam fazer valer usando-se da já manifesta fraqueza cultural e moral provocada por eles mesmos. Uma destas ideias é o aborto, um assassinato de crianças ainda na barriga de suas mães, algo que somente pode ter sido inventado pelo próprio demônio, afinal, é ele o destruidor da vida que Deus cria.


Como disse, um perigo real assombra nosso país que pode sair vencedor se expurgar este inimigo da nação e da saúde mental e espiritual do povo. Os brasileiros devem buscar mais sensatez e força para não caírem na cilada que muitos países já caíram.


18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page