top of page

Observação produtiva: A autocorreção

No “reino interior” que criamos quando não existem ainda fundamentos sólidos para uma direção no comportamento, o autoritarismo e a arrogância são os primeiros sinais que afloram de maneira a sobressair sobre qualquer pequeno resquício de virtude que possa também coexistir.


Sem apelar para um psicologismo barato, parece um tanto necessário para nossa formação integral uma observação sincera do nosso modus interno que aflora no externo. A moralidade pode ser totalmente anulada no indivíduo que, desistindo de observar a si mesmo e de mover-se em direção a um aperfeiçoamento de si, não efetiva uma tarefa nada fácil apesar de simples ao entendimento: autocorreção.


Uma autocorreção evidencia-se primeiramente quando o indivíduo percebe, mesmo que a duras custas, o silêncio desanimador daqueles que estão à sua volta quanto a um determinado ponto que de alguma maneira a certo tempo atrás fora lhe falado claramente. De fato, a maioria não gosta de ficar repetindo as mesmas coisas, especialmente para as pessoas que são do seu convívio mais próximo. O indivíduo precisa observar que no silêncio não existe um “eu errei e você está certo”, mas provavelmente um “não vou repetir, não vai adiantar”. Você pode substituir essas frases por outras, mas que geralmente denotam o mesmo sentido final.


Como sou pessimista quanto ao evidenciar o óbvio, vou afirmar novamente: ninguém é perfeito, apesar de alguns tentarem evidenciar as respostas para o aperfeiçoamento. Eu não sou perfeito, e mesmo escrevendo estas linhas, as faço porque antes observei a mim mesmo, acordei para a autocorreção que deve nascer e ser colocada em prática por minha própria vontade movida pelo entendimento.


Mas mesmo sabendo que todos necessitam exercitar este sentido de observação produtiva, não devemos “despedir o médico porque ele foi pego por um resfriado”. Precisamos sim, exercer nossa capacidade de extrair daquilo que lemos o mais fértil resultado para nossas vidas. Afinal, nossa felicidade pessoal também depende deste aperfeiçoamento de si mesmo consigo, e de si mesmo com os outros.


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page