“CRISTIANISMOS ADAPTADOS” [1]

Depois do Cancílio Vaticano II muitas idéias tem circulado o globo. Algumas podem realmente, de um jeito ou de outro, ter trazido desenvolvimento ou clareza sobre certo ponto teológico. cruz470jn6


Mas me refiro neste texto àquelas idéias – que são a minoria – que de maneira alguma troxeram benefício a Igreja, ou também a teologia de modo geral. Estas idéias somente espalharam discordância e “joio” no meio da ceara do Senhor. Coisa claríssima que muitos não souberam distinguir alguns anos atrás é que o desenvolvimento teológico pode ser relativo em se tratando da verdade cristã. Ora, qualquer um pode “fazer teologia”, nem por isso a suposta verdade teológica que tal descobre ou desenvolve se enquadra na verdade mesma da fé cristã.


Por isso, o depositum fidei sempre terá validade e efeito em primeiro lugar de preservação da verdade e em segundo de denúncia dos erros anunciados ou cometidos.


Ele vem salvaguardar a integridade da verdade em meio a uma artilharia de in- verdades. Dentro desta tarefa se encontra o Magistério denúnciando claramente os cristianismos adaptados.


Mas como identificar um cristianismo adaptado?


[continua]


Pax Christi


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Muitas vezes fico pensando nas inúmeras coisas que já escrevi sobre a crise na Igreja Católica que se arrasta há décadas. Em 2018 tivemos o fatídico sínodo da Amazônia, realizado em Roma, que deixou c

Parece que todo ano preciso destacar coisas óbvias para mim, mas nem tanto para outros na Igreja Católica. A fidelidade à Igreja e a obediência ao Papa não podem continuarem a ser instrumentalizadas p

Parece que muito cristão esqueceu de falar sobre Jesus Cristo, e passou a tratar sua Pessoa com algo suposto, suposto demais, podemos dizer. O que vejo é uma lamentável diluição do tema Jesus Cristo e