Intelectualidade: Saber o que e como ler

No dia de ontem, fiz uma transmissão ao vivo no meu canal no YouTube falando sobre a importância da postura do leitor diante do livro e do autor que ele tem em suas mãos e ao qual dedica algumas horas de sua vida, lendo integralmente.

Mesmo tendo feito este vídeo mencionado é preciso dizer que esta postura que destacava se torna
fundamental para o ser humano que deseja encontrar no estudo e na leitura um crescimento intelectual, seja por algum trabalho específico, seja por desejo de aprimorar cada vez mais sua capacidade de compreensão dos acontecimentos temporais que nos rodeiam. Claro que parece mais louvável dedicar-se a uma maneira mais excelente de leitura e estudo visando o crescimento intelectual, pois esta vida traz consigo também a característica  de satisfatória análise do mundo e das pessoas, o que em suma, eleva a felicidade do ser humano. 

A vida intelectual depende de uma disciplina quanto ao tempo e material que se utiliza para este crescimento intelectual. A faculdade racional dos homens necessita ser nutrida de maneira a naturalmente elevar-se acima de si mesmo, acima das "cortinas de fumaça" deste mundo, ou dos fenômenos para atingir os nôumenos kantianos. 

Para isto é preciso descartar coisas e atitudes que desfavorecem este desenvolvimento, como uma postura de "devorador de livros" que comumente as pessoas ligam a uma intelectualidade superior, mas na verdade, a quantidade e rapidez com que se lê livros nunca fez um notável intelectual, apesar de alguns na história possuírem esta qualidade. Outra coisa que deve-se deixar de lado é a dispersão nos conteúdos a se ler, isto é, deve-se evitar tentar ler tudo o que se aparece nas mãos, lendo sobre todos os assuntos possíveis. É preciso manter um certo foco nos assuntos para justamente fugir desta dispersão e não atordoar ainda mais o raciocínio e a memória.

Comentários

Anônimo disse…
Acesse o canal http://www.youtube.com/silvavalderi/ .

Anúncio do Blog