Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Cooperatores veritatis

É verão e esta chovendo, aquelas típicas chuvas de verão, rápidas e de violência amena o suficiente para refrescar o ambiente. O calor excessivo não me anima a escrever, mas a chuva faz este trabalho de animação, e por isso estou aqui para escrever sobre um assunto ou ideia que estava engavetada com muitas outras. Quando falamos nos estudos acadêmicos em "buscar a verdade", "transmitir a verdade", "servir a verdade" ou mesmo em "obedecer a verdade" muitas vezes pressupõe-se a realidade VERDADE que pode-se simplesmente apresentá-la como Aristóteles, mas a verdade mesmo é uma PESSOA, e escrevo em caixa alta porque refiro-me a Deus mesmo, o Criador por excelência, fonte de toda a realidade existente. De fato, nada existe sem a consciência Divina que existe pensando em tudo e em todos, já que o seu esquecimento de alguma realidade significaria a inexistência desta realidade. Se você não chegou a esta certeza da dependência da realidade do pensamento

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡


"Parece que vislumbramos a sombra que se aproxima da sinagoga de Satanás".

Em um texto novo, publicado em LifeSiteNews.com (31 de janeiro), o arcebispo Viganò revelou mais detalhes sórdidos sobre como Francisco está abusando do seu ofício.

Cardeal Viganò, disfarçado durante protesto silencioso de leigos na Alemanha contra o Sínodo Alemão

A questão diz respeito a "outra obra-prima do engano": a eleição do novo decano e do novo vice-decano do Colégio dos Cardeais.

Já em junho de 2018, Francisco aumentou o número de cardeais-bispos de modo a assegurar uma maioria a seu favor, observa Viganò. A eleição do cardeal Re, de 86 anos, como o novo decano é, para ele, uma "cobertura", pois por razões de idade, a tarefa de Re durante o próximo conclave será executada pelo vice-decano e fantoche de Francisco: o cardeal Sandri.

Viganò revela que Sandri ajudou o então secretário de Estado, o cardeal Angelo Sodano, a encobrir os escândalos em torno do padre Maciel, Fundador dos Legionários de Cristo.

Em 2000, o arcebispo Justo Mullor (+2016) foi removido como núncio no México, porque se opôs às diretrizes de Sodano para encobrir as acusações contra Maciel. Mullor foi substituído por uma pessoa leal a Sodano: Sandri.

Isso implicava transferir Sandri depois de apenas dois anos na Venezuela para o México, mudar Mullor somente após dois anos e meio do México para Roma, como presidente da Pontifícia Academia Eclesiástica, embora seu antecessor, o arcebispo Zur, estivesse lá por apenas um ano. Seis meses depois, Sandri foi nomeado substituto de Sodano.

Os legionários não deixaram de mostrar sua gratidão a Sandri. Depois que ele foi cardeal em 2007, se desculpou por sua ausência em um almoço em homenagem aos novos cardeais, dizendo a Bento XVI: "eu sou esperado por quinhentos dos meus convidados nos Legionários de Cristo".

De acordo com Viganò, Francisco está " exibindo o clericalismo mais inescrupuloso", preparando Sandri para presidir o próximo conclave.

"Parece que vislumbramos a sombra que se aproxima da sinagoga de Satanás".

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção