DIREITOS AUTORAIS
:: Ao compartilhar algum texto, sempre citar a fonte ::
Todos os artigos não assinados são de autoria e propriedade de Valderi da Silva, administrador deste blog.

O Brasil não têm uma senhora, é a Senhora quem possui o Brasil

Uma velha questão devocional sempre ganha manchete por conta de um ou de outro. Na última quinta-feira (20/06/2019), na chamada Marcha para Jesus, em meio a um dos shows neste evento evangélico-protestante o cantor muito famoso neste meio gospel soltou a alfinetada nos católicos, "o Brasil não têm uma senhora, têm um Senhor...", como se pode conferir no vídeo abaixo.


Ninguém nega que a eleição de Jair Bolsonaro à presidência da república aliviou muito o medo de cerceamento do Estado sobre as manifestações religiosas no Brasil, aliás o próprio Presidente apareceu nesta marcha juntamente com a primeira dama. No entanto, algumas pessoas neste "mundo evangélico-protestante" continuam a utilizar de qualquer meio a sua frente (um microfone e uma multidão cativa, por exemplo) para atacar frontalmente a fé daqueles que são maioria (ainda!) neste país.

O Brasil nasceu católico e é majoritariamente católico! E qualquer indivíduo de outra denominação religiosa DEVE respeitar a fé destes, já que eles mesmos não são capazes de entender a revelação de Deus transmitida pela Igreja Católica. 

Recentemente, no Palácio do Planalto (DF), o Presidente Jair Bolsonaro (que é católico batizado, ao menos!) participou juntamente com Dom Fernando Rifan de um momento de oração consecratória do Brasil ao Coração Imaculado de Maria. Será que o Brasil não têm mesmo uma Senhora?!

Em 4 de julho de 1980, o Papa João Paulo II consagrou um dos maiores santuários marianos das Américas, o Santuário Nacional Nossa Senhora Aparecida, e isto o cantor Fernandinho nunca irá falar no seu microfone. Neste dia de consagração o santo Papa rezava: 
Nossa Senhora Aparecida,
abençoai este vosso Santuário e os que nele trabalham,
abençoai este povo que aqui ora e canta,
abençoai todos os vossos filhos,
abençoai o Brasil.
Mas poderia lembrar  também, a este cantor gospel, o que desde Figueiredo esta devido no Brasil, ou seja, no dia 30 de junho de 1980, o então presidente João Figueiredo, sancionou a Lei Nº 6.802, na qual ficava "declarado feriado nacional o dia 12 de outubro, para culto público e oficial a Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil". Esta registrado, é só deixar de ser burro e procurar.

Poderia esclarecer mais uma vez a origem da devoção a Maria Mãe de Deus (#37 O Católico - NOSSA SENHORA APARECIDA E A DEVOÇÃO PARTICULAR); esclarecer a doutrina em que fundamenta a devoção que foi sendo esclarecida durante DOIS SÉCULOS, ao contrário do cursinho que possa ter feito o tal Fernandinho. Nada pode ser mais digno de reprovação do que um indivíduo - que fora de seu circulo nem é considerado - demonstrar tamanha falta de respeito, ofensa e ignorância de forma gratuita

O Brasil possui sim uma senhora! Na verdade, é esta Senhora quem possui o Brasil e os brasileiros, pois esta terra possui grande futuro e segue abençoada por Deus graças a intercessão singular de Nossa Senhora Aparecida, Mãe e Rainha do Brasil.

Anúncio do Blog