DIREITOS AUTORAIS
:: Ao compartilhar algum texto, sempre citar a fonte ::
Todos os artigos não assinados são de autoria e propriedade de Valderi da Silva, administrador deste blog.

JMJ 2019: No Panamá se reúne a juventude católica

E mais uma vez a juventude católica no mundo inteiro é convidada a participar deste encontro pessoal com Jesus Cristo, reunidos em torno do Vigário de Cristo, o Santo Padre.

Dos dias 22 a 27 de janeiro acontece a Jornada Mundial da Juventude, desta vez no Panamá, país anunciado pelo Papa Francisco na anterior jornada que aconteceu na Polônia. Será o terceiro país latino-americano a receber este evento que sempre reúne milhões de pessoas, movidas pela fé a convite do Santo Padre.

Deixo aqui um link onde você encontra um pequeno histórico deste evento, https://pt.wikipedia.org/wiki/Jornada_Mundial_da_Juventude.

Quando me atenho a falar da JMJ é sempre impossível deixar de lado a experiência pessoal que tive ao participar da JMJ no Rio, em 2013. As lembranças e impressões são tantas que parecem ainda vivas, mesmo passados já cinco desde que o Brasil teve a honra de sediar este evento ímpar para a juventude católica. Quando se aproximava JMJ no Rio escrevia o artigo "A iminente Jornada Mundial da Juventude", onde basicamente colocava uma espécie de "respiração forte" que aumentava a medida que chegava o momento, apesar das muitas questões aparentemente pequenas diante da magnitude do evento, que podem destoar do clima gerado por este encontro. Acredito nisso, que o jovem precisa buscar a fé, aprimorá-la, amadurecê-la juntando a alegria com a dura realidade do local e dos fatos, para que a fé não cresça como uma fantasia, que se manifesta apenas de tempos em tempos, a cada JMJ.

O Panamá não é o pior país em questões de fé católica, mas as mesmas realidades de relativismo cultural e moral que encontramos no Brasil também encontramos neste pequeno país de um pouco mais de 4 milhões de habitantes (WPP 2016), com sua composição étnica de índios, mestiços e europeus. Possuem marcantes características espanholas por conta da colonização. Hoje a República do Panamá, de regime presidencialista, vê sua economia principal girar em torno do Canal do Panamá.

Mas o mais importante neste encontro, assim como em todas as outras JMJs, será o importante destaque da aproximação íntima e concreta do jovem com Jesus Cristo, Filho de Deus. E também confirmando para todos que é na Igreja de Cristo que o jovem pode encontrar com mais segurança o Deus que o criou, que o cuida e que deseja acompanha-lo por toda a vida.

Deixarei abaixo o link para o site oficial da JMJ no Panamá, e também o link de uma das rádios do Panamá que faz cobertura completa deste evento.

Site da JMJ Panamá - https://www.panama2019.pa/pt/casa/
Rádio de Fé Panamá - http://www.radiodefepanama.com/

Comentários