Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Cooperatores veritatis

É verão e esta chovendo, aquelas típicas chuvas de verão, rápidas e de violência amena o suficiente para refrescar o ambiente. O calor excessivo não me anima a escrever, mas a chuva faz este trabalho de animação, e por isso estou aqui para escrever sobre um assunto ou ideia que estava engavetada com muitas outras. Quando falamos nos estudos acadêmicos em "buscar a verdade", "transmitir a verdade", "servir a verdade" ou mesmo em "obedecer a verdade" muitas vezes pressupõe-se a realidade VERDADE que pode-se simplesmente apresentá-la como Aristóteles, mas a verdade mesmo é uma PESSOA, e escrevo em caixa alta porque refiro-me a Deus mesmo, o Criador por excelência, fonte de toda a realidade existente. De fato, nada existe sem a consciência Divina que existe pensando em tudo e em todos, já que o seu esquecimento de alguma realidade significaria a inexistência desta realidade. Se você não chegou a esta certeza da dependência da realidade do pensamento

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡


As Santas Almas do Purgatório

Desejo escrever sobre algo que ainda estou lendo.

Trata-se do livro O Purgatório: Uma revelação particular, editado pela Editora Quadrante (2012). Neste pequeno livro (101 páginas) desenvolve-se as revelações particulares a alguém que não se identifica, a pedido seu, sobre a realidade do Purgatório e das almas que lá habitam.
Sempre fui impressionado pelo tema purgatório, pois imaginar uma alma num estado de vida de "quase lá" aumenta a adrenalina espiritual, fazendo-nos imaginar alguém que sofre sem desejar não sofrer, pois sabe-se já orientado para o amor eterno, para o alívio eterno. De fato, nesta realidade sofre-se com alegria pela ciência do objetivo, o conforto eterno junto do amor de Deus.

Ainda não acabei o livro, mas o que desejo destacar dele aqui é o ponto sobre a santidade das almas que no Purgatório habitam. Sim, elas são santas! Por quê? Porque sofrem com amor, por amor e pelo amor. São santas porque seu destino é o Céu, é a presença eterna do verdadeiro amor. Sua santidade não revela-se em milagres, em aparições, mas pelo fato de viverem extasiadas na "quase" presença divina. Pensando de modo simples, se estas almas estão num estado de purificação para ingressar no Santuário Eterno, é claro que já emanam santidade, pois no Céu somente os santos habitam, e os que estão destinados ao Céu participam desta santidade, mesmo tendo ainda que purificar algo particular em suas almas.

Sempre ouvimos na igreja que devemos rezar pelas almas do purgatório, e de fato precisamos, pois nossas orações se transformam em refrigério para essas almas que ainda sofrem por amor. Mas além de rezar por elas, podemos rezar a elas, para que elas mesmas possam ofertar seus sofrimentos por nossas almas, por nossas necessidades espirituais. E isso é possível pela comunicação espiritual, ou comunicação dos santos, tema recorrente na pesquisa teológica.

Para refletirmos de fato: As almas do purgatório sofrem por amor; as almas do purgatório não irão para o Inferno; as almas do purgatório pode ouvir e atender nossas orações.

Rezemos por elas e a elas!

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção