Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Cooperatores veritatis

É verão e esta chovendo, aquelas típicas chuvas de verão, rápidas e de violência amena o suficiente para refrescar o ambiente. O calor excessivo não me anima a escrever, mas a chuva faz este trabalho de animação, e por isso estou aqui para escrever sobre um assunto ou ideia que estava engavetada com muitas outras. Quando falamos nos estudos acadêmicos em "buscar a verdade", "transmitir a verdade", "servir a verdade" ou mesmo em "obedecer a verdade" muitas vezes pressupõe-se a realidade VERDADE que pode-se simplesmente apresentá-la como Aristóteles, mas a verdade mesmo é uma PESSOA, e escrevo em caixa alta porque refiro-me a Deus mesmo, o Criador por excelência, fonte de toda a realidade existente. De fato, nada existe sem a consciência Divina que existe pensando em tudo e em todos, já que o seu esquecimento de alguma realidade significaria a inexistência desta realidade. Se você não chegou a esta certeza da dependência da realidade do pensamento

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡


Aborto: O católico deve ser contra

É realmente espantoso que ainda haja católicos que defendam o aborto em alguma circunstância. Fico espantado porque o assunto já foi milhares de vezes reproduzido e explicado por leigos, padre, bispos e até o Papa.

Católico não deve apoiar o aborto em nenhum circunstância, por mais difícil que seja, pois se trata de uma vida, que apesar da circunstância em que foi concebida, já é querida por Deus.

O famoso argumento de grupos "feministas" de que "eu decido sobre meu corpo" é um erro grotesco e reflete uma arrogância sobre a própria ignorância e vaidade (e nem preciso lembrar que o cristão deve ser avesso à vaidade).


Continuar dizendo que em algumas circunstâncias seria lícito abortar é o mesmo que dizer que em algumas circunstâncias Deus nos permite que destruamos a obra do Seu amor. É dizer que podemos, em alguns casos, assassinar alguém com pleno direito, e no caso do aborto, alguém totalmente indefeso e inocente de qualquer ato.

Graças a Deus, inúmeros grupos pró-vida desmascaram pelo mundo afora a farsa do aborto e suas cínicas campanhas supostamente em defesa da mulher. O que as campanhas pró-aborto fizeram foi criar sutilmente uma "cultura" de vaidade feminina macabra. que as leva ao extremo do egoísmo, transformando gerações de mulheres em pessoas sem as virtudes necessárias para o cultivo da vida e não da "própria vida".

É mais estapafúrdio ainda, o católico que tenta, num jogo de malabarismo, se utilizar da própria doutrina da Igreja e das palavras do Santo Padre para argumentar em favor de um "tipo" de aborto. E digo mais: é demoníaco aquele que se utiliza das palavras de Jesus Cristo para ousar defender o aborto em alguma circunstância. Especialmente no Santo Evangelho, a vida - somente ela - desde a concepção é louvada e defendida por Deus, pois ele mesmo desejou colocar a Virgem Maria como modelo de humildade e submissão ao dom da vida, recebendo no seu ventre Aquele que nem esperava!

O católico precisa compreender que, sua fé não coaduna de forma alguma com o aborto.

Rezemos para todos os cristãos católicos sejam defensores da VIDA e não busquem desculpas para qualquer ideologismo que lhe passe na cabeça.

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção