Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Marx e os seus dominaram a educação brasileira

Que os livros didáticos oferecidos paras as escolas no Brasil inteiro serem fundamentados em figuras como Paulo Freire, Michel de Foucault, Jonh Dewey, Antonio Gramnsci e Jean-Jacques Rosseau, é um fato notório, e basta qualquer passada de olhos nestes mesmos livros que os professores usam em suas aulas e os que eles mesmos utilizam para se formarem, para notarmos a ideologia social presente destes senhores acima citado em todos os campos do conhecimento, em todas as áreas, pois se focaram não no conteúdo em si das matérias mas na forma, na didática utilizada, tornando assim qualquer matéria meio de formação segundo a ideologia que desejam fixar nas gerações. No trecho destacado abaixo, percebe-se o porque existe uma mudez nacional acerca desta formação ideológica ministrada nas escolas por quase todos os professores. Tirado do site Wikipedia O final deste trecho é o mais importante, pois é através dele que podemos perceber a profundidade e extensão do problema a se enfrentar. As obras

BEM VINDO

Sínodo da Família e o louco elogio da ofensa

O Sínodo sobre a Família esta acontecendo no Vaticano, mas já bem antes dele se via a repercussão de alguns aspectos a serem tratados pelos padres sinodais.

Quem acompanha as notícias pelos diversos meios de comunicação já percebeu a evidente divisão que existe entre os bispos que compõe o Sínodo e mais preocupante ainda, a ideologia de alguns deles. Estes bispos que expressam idéias pastorais com intenção de modificar a doutrina são encabeçados por dois bispos alemães (raça persiste... ou é santo ou morre como Lutero). O cardeal Walter Kasper, que inexplicavelmente foi escolhido pelo Papa para elaborar o instrumentum laboris do Sínodo e o Cardeal Marx (nome que não traz boas recordações!).
A última do Sínodo foi o relato de um bispo sobre um menino que na Santa Missa de primeira comunhão, recebeu a comunhão na mão e levou-a para o banco e repartiu com o pai que era divorciado e estava "casado" com outra. Disse o porta-voz do Vaticano, Pe. Frederico Lombardi que muitos bispos ficaram emocionados com a história.
Então, aqui tenho três observações:
1. Santa Missa de primeira comunhão com distribuição da Eucaristia na mão para as crianças? E a recepção sob duas espécies (tá certo que não é obrigatório, mas a Igreja recomenda em ocasiões especiais). Receber a comunhão na mão já é um incentivo ao sacrilégio, e isso falo com propriedade e não por ouvir dizer. Este bispo já começou mau por aí.
2. Desculpe-me os sensíveis, mas quem esta errado na história? A Igreja? A criança? Ou será o pai que não viveu a graça sacramental e por isso dá mal testemunho ao seu filho?!
3. Esta é a mais preocupante: Bispos da Santa Igreja emocionados diante do relato de um sacrilégio! Oxalá estivessem horrorizados por alguém em pecado grave estar recebendo indevidamente o Corpo de Cristo. Será que os bispos não abrem mais o Novo Testamento? "Todo aquele que comer do pão ou beber do cálice do Senhor indignadamente será réu do Corpo e do Sangue do Senhor. Por conseguinte que cada um examine a si mesmo antes de comer desse pão e beber desse cálice, pois aquele que come e bebe sem discernir o Corpo, come e bebe a própria condenação" (1 Cor 11,27-29).
Não é pela defesa da própria opinião, mas pela conversão destes homens que de dentro da Igreja desejam transformar a Verdade inalienável em puro costume, e transformando-a em costume (ou ação pastoral) tornam-a mais suscetível a mudança. Ora, isto é arrogância como a dos antigos faraós e dos antigos imperadores romanos que se autodenominavam deuses, capazes de mudar a verdade ao seu gosto.
São José, patrono da Igreja Universal, interceda por este Sínodo e que o Santo Espírito guie o Santo Padre!
_______________________
Notícia do relato do Bispo: http://pt.aleteia.org/2015/10/19/uma-crianca-comove-o-sinodo-o-menino-que-dividiu-a-hostia-com-seu-pai-que-e-divorciado-recasado/

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção