Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Marx e os seus dominaram a educação brasileira

Que os livros didáticos oferecidos paras as escolas no Brasil inteiro serem fundamentados em figuras como Paulo Freire, Michel de Foucault, Jonh Dewey, Antonio Gramnsci e Jean-Jacques Rosseau, é um fato notório, e basta qualquer passada de olhos nestes mesmos livros que os professores usam em suas aulas e os que eles mesmos utilizam para se formarem, para notarmos a ideologia social presente destes senhores acima citado em todos os campos do conhecimento, em todas as áreas, pois se focaram não no conteúdo em si das matérias mas na forma, na didática utilizada, tornando assim qualquer matéria meio de formação segundo a ideologia que desejam fixar nas gerações. No trecho destacado abaixo, percebe-se o porque existe uma mudez nacional acerca desta formação ideológica ministrada nas escolas por quase todos os professores. Tirado do site Wikipedia O final deste trecho é o mais importante, pois é através dele que podemos perceber a profundidade e extensão do problema a se enfrentar. As obras

BEM VINDO

Papai: Que se digam coisas claras!

No mês de agosto têm um final de semana que é dedicado a lembrança dos papais, geralmente o segundo final de semana do mês. Sempre fui meio contrário a essas datas como "dia dos pais", "dia das mães", "dia dos namorados"... para mim são datas mais comerciais que enebriadas de puro sentimento afetivo.
Mas a data existe, e todos os anos a lembramos.

Nesta data sempre me vêm a mente é a falta de solidez e clareza nas reflexões que se ouve nas Missas dominicais. E parece ser difícil encontrar uma mente iluminada o bastante para direcionar uma mensagem clara aos pais e sua missão paterna e todas as reflexões cabíveis mediante esta missão. Pois o que geralmente se vê são reflexões subjetivas, que saltam entre falar aos filhos e falar aos pais, quando não parece ser uma verdadeira canonização dos pais presentes, mesmo sabendo que cada um deles possivelmente possuem muitos pecados a satisfazer.
Já havia refletido sobre este tema noutro post mais antigo, mas volto a este tema porque é lamentável perceber que não se aproveita o tempo e a oportunidade que se oferece para nutrir a sociedade de almas verdadeiramente paternas, que sejam conscientes de sua missão no mundo, diante daqueles que juntamente com a esposa, geram e educam.
É preciso dirigir-se aos papais com firmeza, afinal, são homens, varões como o foi São José, esposa da Virgem Santíssima. É necessário mirar nos olhos dos papais e dizer-lhes com firmeza, "vocês necessitam valorizar a paternidade recebida como dom de Deus... sua missão neste mundo é divina por acompanhar e encaminhar os filhos de Deus, isto é, os filhos de vocês...".
De fato, a figura do pai ainda é muito desprestigiada em nosso tempo. É urgente recuperar as características próprias dos varões que, como São José, recebem de Deus o chamado a acompanhar, educar e direcionar os filhos deste mesmo Deus.

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção