Pular para o conteúdo principal

§ LEITURA RECOMENDADA

Por que não odeio o Papa Francisco

"Quem critica e ataca o Papa Francisco não é católico", esta afirmação já ouvi e li inúmeras vezes, tanto de católicos batizados como de pessoas de outras religiões e mesmo os ditos ateus. Já faz algum tempo que li um artigo no site Presbíteros intitulado Ataques ao Papa , publicado em 27 de fevereiro de 2020, onde o Mons. José Maria Pereira aborda a questão através da íntima ligação Papa-Igreja-Cristo, chegando a síntese na qual os ataques oriundos de batizados seriam um ataque a própria Igreja - que por sua vez é a Mãe de todos os católicos, na evangélica ligação de Maria Santíssima com a Igreja - e assim ao próprio Jesus Cristo. Por mais errada que seja uma mãe, o filho não fica falando mal, expondo a mãe em praça pública. A Igreja é nossa Mãe, merece o nosso respeito e o nosso amor. (Mons. José) Monsenhor José associa levianamente crítica a ataque, sem a precisão conceitual que a relevância do tema exige. Posso sim criticar minha mãe diante de meus irmãos, mas isso não eq

DJC: Para o brutos, Maria

Como é triste a vida dos brutos... dos insensíveis!

Se há amor demais, para estes é sinônimo de fraqueza, de epidérmico sentimentalismo.

Se há simpatia e compreensão demais, para estes não passa de "cafonice" disfarçada de pretensa superioridade.

Nunca aprendem a se expressar de maneira adequada, fazendo do próprio Deus um "bronco" que somente faz justiça, mas que quase nunca expressa ternura.

Eis o que penso: Esses brutos insensíveis precisam conhecer Maria, a Mãe de Deus!

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção