Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Marx e os seus dominaram a educação brasileira

Que os livros didáticos oferecidos paras as escolas no Brasil inteiro serem fundamentados em figuras como Paulo Freire, Michel de Foucault, Jonh Dewey, Antonio Gramnsci e Jean-Jacques Rosseau, é um fato notório, e basta qualquer passada de olhos nestes mesmos livros que os professores usam em suas aulas e os que eles mesmos utilizam para se formarem, para notarmos a ideologia social presente destes senhores acima citado em todos os campos do conhecimento, em todas as áreas, pois se focaram não no conteúdo em si das matérias mas na forma, na didática utilizada, tornando assim qualquer matéria meio de formação segundo a ideologia que desejam fixar nas gerações. No trecho destacado abaixo, percebe-se o porque existe uma mudez nacional acerca desta formação ideológica ministrada nas escolas por quase todos os professores. Tirado do site Wikipedia O final deste trecho é o mais importante, pois é através dele que podemos perceber a profundidade e extensão do problema a se enfrentar. As obras

BEM VINDO

Jesuíta astrônomo recebe importante prêmio científico

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 24-07-2014, Gaudium Press) A American Astronomical Society (AAS) concedeu recentemente ao jesuíta e astrônomo pontifício Guy Consolmagno, a medalha Carl Sagan. O prêmio será entregue durante a reunião anual da 46ª Divisão para as Ciências Planetárias em Tucson, no Arizona, em novembro.guy_consolmagno.jpg

Na opinião do astrônomo pontifício, essa é "mais uma mostra de que a Igreja não se opõe ao estudo científico". Foi o que destacou a AAS em comunicado de imprensa: "Guy se tornou a voz de uma combinação perfeita entre a ciência planetária e a astronomia de um crente cristão. Ele é uma pessoa racional que consegue mostrar aos crentes de modo excepcional como a religião e a ciência podem coexistir".

A Companhia de Jesus informou que Guy Consolmagno foi premiado porque "ocupa um posição única em nossa profissão como porta-voz crível de honestidade científica dentro de um contexto de fé religiosa".

Reconhecido pelas numerosas conferências que ajudam a transmitir o entusiasmo pelo método científico a um público cada vez mais amplo, Guy Consolmagno ingressou na ordem jesuíta aos 40 anos, após trabalhar no Observatório da Universidade de Harvard, no MIT e no Corpo de Paz (Peace Corps).

Uma das "maiores bênçãos da minha vocação" é a "de poder me concentrar na comunicação da minha paixão pela ciência, deixando que o meu guia seja sempre a Fé", afirmou Consolmagno. (EPC)

_________________________

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/61139#ixzz38d7SnCT8
Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção