Pular para o conteúdo principal

POSTAGEM EM DESTAQUE:

Igreja que não converte mais ninguém

Que existe uma profunda e evidente crise dentro da Igreja Católica a grande maioria dos seres racionais já conseguiu perceber. O que para muitos destes é ainda obscuro é a raiz disso e a postura que se deve tomar para ajudar a sanar tal crise. Não é simples ou fácil elucidar isso, eu mesmo não o posso fazer, mas aproximações reais a esta crise e a posição a qual devemos ter são possíveis e reais diante de um honesto esforço. Ouso dizer que, mesmo Joseph Ratzinger, que na minha opinião é o maior teólogo vivo, não conseguiu ou não quis apresentar o panorama real e profundo desta crise e sua raiz que esta mais atrás do que muita gente pensa. Hoje o esforço analítico é deveras enorme, pois muitos que poderiam já terem apresentado trabalhos sobre isso, aparentemente resolveram calar-se ou mesmo guardar para si, por medo ou intimidações variadas, suas análises sobre este tema. É grande o trabalho de compreensão e de inúmeras influências e inúmeras consequências de tudo o que nos fez chegar a

Jesuíta astrônomo recebe importante prêmio científico

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 24-07-2014, Gaudium Press) A American Astronomical Society (AAS) concedeu recentemente ao jesuíta e astrônomo pontifício Guy Consolmagno, a medalha Carl Sagan. O prêmio será entregue durante a reunião anual da 46ª Divisão para as Ciências Planetárias em Tucson, no Arizona, em novembro.guy_consolmagno.jpg

Na opinião do astrônomo pontifício, essa é "mais uma mostra de que a Igreja não se opõe ao estudo científico". Foi o que destacou a AAS em comunicado de imprensa: "Guy se tornou a voz de uma combinação perfeita entre a ciência planetária e a astronomia de um crente cristão. Ele é uma pessoa racional que consegue mostrar aos crentes de modo excepcional como a religião e a ciência podem coexistir".

A Companhia de Jesus informou que Guy Consolmagno foi premiado porque "ocupa um posição única em nossa profissão como porta-voz crível de honestidade científica dentro de um contexto de fé religiosa".

Reconhecido pelas numerosas conferências que ajudam a transmitir o entusiasmo pelo método científico a um público cada vez mais amplo, Guy Consolmagno ingressou na ordem jesuíta aos 40 anos, após trabalhar no Observatório da Universidade de Harvard, no MIT e no Corpo de Paz (Peace Corps).

Uma das "maiores bênçãos da minha vocação" é a "de poder me concentrar na comunicação da minha paixão pela ciência, deixando que o meu guia seja sempre a Fé", afirmou Consolmagno. (EPC)

_________________________

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/61139#ixzz38d7SnCT8
Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção