Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Marx e os seus dominaram a educação brasileira

Que os livros didáticos oferecidos paras as escolas no Brasil inteiro serem fundamentados em figuras como Paulo Freire, Michel de Foucault, Jonh Dewey, Antonio Gramnsci e Jean-Jacques Rosseau, é um fato notório, e basta qualquer passada de olhos nestes mesmos livros que os professores usam em suas aulas e os que eles mesmos utilizam para se formarem, para notarmos a ideologia social presente destes senhores acima citado em todos os campos do conhecimento, em todas as áreas, pois se focaram não no conteúdo em si das matérias mas na forma, na didática utilizada, tornando assim qualquer matéria meio de formação segundo a ideologia que desejam fixar nas gerações. No trecho destacado abaixo, percebe-se o porque existe uma mudez nacional acerca desta formação ideológica ministrada nas escolas por quase todos os professores. Tirado do site Wikipedia O final deste trecho é o mais importante, pois é através dele que podemos perceber a profundidade e extensão do problema a se enfrentar. As obras

BEM VINDO

VBI PETRVS, IBI ECCLESIA, IBI DEVS

Papa Francisco no Trono
Nesta data sempre é favorável escrever algo sobre a Missão Petrina, missão reservada ao sucessor legítimo do apóstolo São Pedro, discípulo querido por Nosso Senhor Jesus Cristo para que em Seu nome conduzisse a Santa Igreja.

Nestes tempos, ocupa o Trono de Pedro, Soberanamente o Santo Padre Francisco. Figura peculiar dentre os perfis de seus antecessores. Olhando para o Papa Francisco me vem a mente João Paulo II e Bento XVI, tentando encontrar semelhança entre seu modus operandi com o deles, mas tenho que dar razão aos que dizem ser o Papa Francisco muito diferente dos dois antecessores. Esta diferença está longe de ser um preâmbulo de desfiguração da doutrina a cerca do Ministério Petrino.

De fato, muitos ainda se encontram confusos com o modo pastoral do Papa Francisco, deixando alguns na corda bamba entre a ortodoxia e a heresia. É fato também que o Papa Francisco não se assemelhará a nenhum outro antecessor, visto que sua carga cultural difere muito daqueles papas de outrora. Sua “veia” latina, lhe deixa mais “sanguíneo” ou “apaixonado” que os de cultura européia. Não que o Papa Francisco seja alguém displicente no quesito intelectualidade, pois já demonstrou algumas vezes sua racionalidade e perfeito domínio reflexivo.

Embora a fé nos leve obrigatoriamente a colocarmo-nos sob a guia de Pedro, hoje na pessoa de Francisco, não podemos esquecer que o Papa Francisco, como os antecessores, está sujeito a equívocos humanos e isto tranquilamente o leva muitas vezes a ser questionado. Seria pecado? De modo algum, enquanto não se questione a legitimidade de seu ministério. A teologia sempre ensinou que em questão de fé e moral a Santa Igreja é autoridade expressando sua sentença sobre tais assuntos pela missão do Santo Padre.

Na festa da Cátedra de Pedro, elevamos nossas orações a Deus pelo legítimo sucessor deste apóstolo no meio de nós, esperando que, de sua entrega total a tal ministério, o povo de Deus continue sendo conduzido aos prados eternos, livrando-nos dos lobos deste mundo, que cercam-nos para nos afugentar do rebanho de Cristo que é a Igreja.

Não nos cabe colocar em dúvida a legitimidade do ministério do Papa Francisco, apesar de algumas vezes não compreendermos bem algumas de suas atitudes ou posições. Muitos santos diziam, “amém o Papa, apesar do ser humano”. Seja Francisco, Bento ou João… nosso amor ao Sucessor de Pedro nos leva a amar o próprio Cristo sobre a Terra.
“Viva tanto ou mais que Pedro”!
VBI PETRVS, IBI ECCLESIA, IBI DEVS.
_______________________________________________________________
CATEQUESE SOBRE O PAPA:

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção