Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Marx e os seus dominaram a educação brasileira

Que os livros didáticos oferecidos paras as escolas no Brasil inteiro serem fundamentados em figuras como Paulo Freire, Michel de Foucault, Jonh Dewey, Antonio Gramnsci e Jean-Jacques Rosseau, é um fato notório, e basta qualquer passada de olhos nestes mesmos livros que os professores usam em suas aulas e os que eles mesmos utilizam para se formarem, para notarmos a ideologia social presente destes senhores acima citado em todos os campos do conhecimento, em todas as áreas, pois se focaram não no conteúdo em si das matérias mas na forma, na didática utilizada, tornando assim qualquer matéria meio de formação segundo a ideologia que desejam fixar nas gerações. No trecho destacado abaixo, percebe-se o porque existe uma mudez nacional acerca desta formação ideológica ministrada nas escolas por quase todos os professores. Tirado do site Wikipedia O final deste trecho é o mais importante, pois é através dele que podemos perceber a profundidade e extensão do problema a se enfrentar. As obras

BEM VINDO

Pe. Amorth comenta caso de exorcismo feito pelo Santo Padre

O famoso exorcista da Diocese de Roma, o sacerdote italiano Gabriele Amorth, comentou o caso do mexicano possesso sobre quem o Papa teria realizado uma oração no domingo passado, 19 de maio, na Solenidade de Pentecostes.

 

No dia 21 de maio, o padre Juan Rivas, un legionário mexicano que acompanhou o possesso, também mexicano de 43 anos, disse que sobre este caso iria receber a opinião do Pe. Amorth, que já carrega a experiência de muitos exorcismos e é autor do best seller “Fala um exorcista”.

Segundo destaca a agência italiana Ansa com informação de Rádio 2 da Itália, o exorcista disse sobre a oração do Santo Padre que “se trata de um verdadeiro exorcismo e digo mais, o jovem que o Papa exorcizou, hoje às 11:30 hs, veio me procurar”.

“Não era um rapaz, já tinha seus 43 anos, têm esposa e filhos. Se chama Ángel, está possesso de quatro demônios. E hoje fiz-lhe um longo exorcismo”. 

Ao ser perguntado sobre se o Papa pode curar-lo, o exorcista Amorth disse que “podemos disser que ele fez um exorcismo, porque um exorcismo é também aquilo que se faz colocando as mãos sobre a cabeça de uma pessoa e rezando, sem recorrer aos exorcismos escritos”.

O famoso exorcista indicou além disso, que “um exorcismo não é só aquele que se faz segundo o ritual, com as orações escritas e reservadas aos exorcismos. São exorcismos também as orações de libertação que se faz com suas próprias palavras. Recordo os três casos de exorcismos realizados por João Paulo II, sem nenhum livro de exorcismos”.

No vídeo se percebe que, embora o Papa rezava, se escutou um som como que de um grunido proveniente do jovem que abre a boca e se encolhe um pouco sobre a cadeira de rodas.

Os guardas de segurança perceberam o que se sucedeu e se aproximaram e pegaram a carta que estava com o Pe. Juan Rivas, antes de que o Santo Padre passasse a saudar as seguintes pessoas.

_______________________________

*Fonte: ACI Prensa

**Tradução: Blog VALDERI

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção