Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Marx e os seus dominaram a educação brasileira

Que os livros didáticos oferecidos paras as escolas no Brasil inteiro serem fundamentados em figuras como Paulo Freire, Michel de Foucault, Jonh Dewey, Antonio Gramnsci e Jean-Jacques Rosseau, é um fato notório, e basta qualquer passada de olhos nestes mesmos livros que os professores usam em suas aulas e os que eles mesmos utilizam para se formarem, para notarmos a ideologia social presente destes senhores acima citado em todos os campos do conhecimento, em todas as áreas, pois se focaram não no conteúdo em si das matérias mas na forma, na didática utilizada, tornando assim qualquer matéria meio de formação segundo a ideologia que desejam fixar nas gerações. No trecho destacado abaixo, percebe-se o porque existe uma mudez nacional acerca desta formação ideológica ministrada nas escolas por quase todos os professores. Tirado do site Wikipedia O final deste trecho é o mais importante, pois é através dele que podemos perceber a profundidade e extensão do problema a se enfrentar. As obras

BEM VINDO

Segundo Conclave deste Milênio

Conclave Cardeais 03 O agora papa emérito Bento XVI, renunciou ao ministério petrino no dia 28 de fevereiro deste ano. Após passado o espanto por tal decisão – muito rara de acontecer – iniciaram os preparativos para a escolha de um novo Sucessor de São Pedro.

É interessante percebermos que este Conclave que teve seu início no dia de hoje (12 de março), será o segundo deste milênio, o segundo da era cristã. E mais interessante ele se torna ainda ao percebermos que escolherá um novo Pontífice Máximo ainda estando vivo o antecessor. Situação curiosa, interessante, mas não estranha na história da Igreja.

Nestes dias que antecederam ao início do Conclave li muitos comentários e notícias a seu respeito. Em sua totalidade girando em torno do mesmo assunto: quem será o novo papa? Pura especulação! Não se pode duvidar da honestidade dos Cardeais em desejarem-se guiar pelo Espírito Santo para esta escolha. Evidentemente sabemos que se leva em consideração as muitas dificuldades que a Igreja enfrenta no mundo todo: perseguição religiosa; avivamento de muitas heresias; sicretismo religioso; mau conduta de alguns cléricos, etc. Estas situações certamente não saem da mente dos cardeais na hora de escolherem um nome para Pastor Supremo.

Muitos comentários que li realmente expressam a mais latente ignorância a respeito da Igreja e seu funcionamento. Estas preocupações acima citadas que certamente estão na mente dos cardeais, não são meras motivos para “politicagem”, como muitos gostariam que fossem. Não existe política neste Conclave. A história não nos deixa falar assim dos passados vistos que se sabe dos muitos conclaves realizados sob a influências de reis e famílias poderosas na época. Mas o fato é que agora não se trata mais destas situações.Conclave Cardeais 04

Alguns jornalistas tendem a “eleger” o próximo papa, por suas colunas, estatísticas e considerações. A opinião própria é livre, também pela simpatia que alguns sentem por tal cardeal, mas nunca se pode afirmar que este é mais indicado do que este outro. Todos que ali estão podem receber o manto de Pedro.

O Conclave (“com chaves”) é a expressão milenar de que a Santa Igreja não sucumbe aos esquemas modernos, trazendo com voz forte a característica principal da comunidade organizada dos seguidores de Cristo: o deixar-se guiar somente pelo Espírito Santo.

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção