Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Marx e os seus dominaram a educação brasileira

Que os livros didáticos oferecidos paras as escolas no Brasil inteiro serem fundamentados em figuras como Paulo Freire, Michel de Foucault, Jonh Dewey, Antonio Gramnsci e Jean-Jacques Rosseau, é um fato notório, e basta qualquer passada de olhos nestes mesmos livros que os professores usam em suas aulas e os que eles mesmos utilizam para se formarem, para notarmos a ideologia social presente destes senhores acima citado em todos os campos do conhecimento, em todas as áreas, pois se focaram não no conteúdo em si das matérias mas na forma, na didática utilizada, tornando assim qualquer matéria meio de formação segundo a ideologia que desejam fixar nas gerações. No trecho destacado abaixo, percebe-se o porque existe uma mudez nacional acerca desta formação ideológica ministrada nas escolas por quase todos os professores. Tirado do site Wikipedia O final deste trecho é o mais importante, pois é através dele que podemos perceber a profundidade e extensão do problema a se enfrentar. As obras

BEM VINDO

Sábado – Lc 1,46-56

Comentário ao Evangelho do dia feito por São Beda, o Venerável
Monge, Doutor da Igreja- (c. 673-735)
Exposição sobre o Evangelho segundo São Lucas (do Ofício de Leitura de 22 de Dezembro)

E Maria disse: «A minha alma engrandece ao Senhor e o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador». O Senhor me engrandeceu, diz ela, com um dom tão grande e tão inaudito, que é impossível explicá-lo com palavras humanas, e dificilmente o poderá compreender o sentimento mais íntimo do coração. Por isso entrego-me com todas as forças da minha alma ao louvor e à acção de graças. [...] «Porque fez em mim grandes coisas o Todo-Poderoso; e o Seu nome é Santo». [...] De facto, só aquele em quem o Senhor realiza obras grandiosas pode proclamar dignamente a Sua grandeza e exortar os que participam da mesma promessa e dos mesmos sentimentos: «Engrandecei comigo ao Senhor; exaltemos juntos o Seu nome» (Sl 34 [33],4). [...]Nossa Senhora - Magnificat

«Acolheu a Israel, Seu servo, lembrado da Sua misericórdia». Com admirável propriedade o cântico chama a Israel servo do Senhor, isto é, obediente e humilde, a quem o Senhor acolheu para o salvar, segundo as palavras do profeta Oseias: «Quando Israel era ainda criança, eu o amei» (11,1; cf. 11,4). Quem não quer humilhar-se não pode ser salvo [...] mas «quem se humilhar como uma criança será o maior no Reino dos Céus» (Mt 18,4).

«Como tinha prometido a nossos pais, a Abraão e à sua descendência para sempre». Refere-se o texto não à descendência carnal de Abraão, mas à espiritual, isto é, não somente aos nascidos da sua carne, mas aos que seguiam o exemplo da sua fé. [...] O advento do Salvador foi prometido a Abraão e à sua descendência para sempre, isto é, aos filhos da promessa, dos quais se diz: «Se sois de Cristo, também sois descendência de Abraão e herdeiros segundo a promessa» (Gl 3,29).

É de notar que foram as mães, a do Senhor e a de João, que se anteciparam a anunciar profeticamente o nascimento de seus filhos. [...] E se foi pela sedução de uma só mulher que se introduziu no mundo a morte, agora é pela profecia de duas mulheres que se anuncia ao mundo a salvação.

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção