Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Cooperatores veritatis

É verão e esta chovendo, aquelas típicas chuvas de verão, rápidas e de violência amena o suficiente para refrescar o ambiente. O calor excessivo não me anima a escrever, mas a chuva faz este trabalho de animação, e por isso estou aqui para escrever sobre um assunto ou ideia que estava engavetada com muitas outras. Quando falamos nos estudos acadêmicos em "buscar a verdade", "transmitir a verdade", "servir a verdade" ou mesmo em "obedecer a verdade" muitas vezes pressupõe-se a realidade VERDADE que pode-se simplesmente apresentá-la como Aristóteles, mas a verdade mesmo é uma PESSOA, e escrevo em caixa alta porque refiro-me a Deus mesmo, o Criador por excelência, fonte de toda a realidade existente. De fato, nada existe sem a consciência Divina que existe pensando em tudo e em todos, já que o seu esquecimento de alguma realidade significaria a inexistência desta realidade. Se você não chegou a esta certeza da dependência da realidade do pensamento

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡


Santo Antônio de Pádua: Doutor Evangélico

Santo Antonio Padua 03A Santa Igreja esta repleta de grandes exemplos para os cristãos, são santos e santas que fizeram de suas vidas chama incandescente do amor de Deus pela humanidade. Dentre toda esta imensa família santa reunida em torno de Cristo, com certeza o mais popular de todos é Santo Antônio de Pádua (ou Lisboa, como alguns o denominam). Em realidade é até um pouco estranho falar de santo menos ou mais popular, mas o fato é que este santo cativou tanto o povo mais simples que foi se alargando cada vez mais sua devoção e seus prodígios entre os fiéis.

Algo que poderia ser considerado paradoxal é o fato de que Pio XII o tenha nomeado Doutor da Igreja (1946), mesmo sendo mundialmente conhecido pela simplicidade, com que aliás arrastou muita gente. Mas antes mesmo de Pio XII, Gregório IX (1232) o declara 'Doutor Evangélico' na mesma ocasião em que o canonizava, fato recorde na Igreja, visto que morrerá no ano antecedente (1231). Mas este título de Doutor Evangélico não resultou de mera homenagem, ele surgiu como que inspiração pelo que Antônio realmente vivera em vida.Santo Antonio Padua 05

Sabemos que um doutor não nasce por acaso, ou por “magia”, ele nasce pela preparação que tivera. Com Antônio não foi diferente, seus biógrafos são sempre unânimes em dizer que era um amante do estudo, principalmente da Sagrada Escritura e dos Santos Padres da Igreja. Seu empenho sempre foi o de aprofundar o quanto pudesse das Sagradas Linhas para compreender cada vez melhor a obra salvífica e a vontade de Deus. Doutor ele se fez ao longo dos anos que estudou, mas também ao longo dos anos que viveu em oração, pois a sabedoria não nasce apenas dos livros e do muito estudo, mas nasce do temor de Deus.

Sua obra literária legada à Igreja e ao mundo é muito lida e relida pela sua profunda concordância com os Evangelhos. Sua linguagem (conforme o contexto) era a mais simples e ao mesmo tempo não deixava de ser profunda e suave, fazendo com que sua pregação, que correspondia ao que escrevia, o destacasse entre muitos.

Seu título de 'Doutor Evangélico' faz ressaltar sua preparação acadêmica, mas mais do que isto sua vivência do Evangelho de Cristo. Santo Antônio era imagem viva de Cristo para os homens e mulheres de seu tempo, ele exalava a humildade enquanto auxilia os mais pobres e necessitados, e corregia os mais duros de coração com palavras elaboradas da própria vida de Nosso Senhor.

Santo Antônio de Pádua, rogai por nós, para que obtenhamos as graças de Deus e o ânimo para ser fiel ao Evangelho.

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção