Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Cooperatores veritatis

É verão e esta chovendo, aquelas típicas chuvas de verão, rápidas e de violência amena o suficiente para refrescar o ambiente. O calor excessivo não me anima a escrever, mas a chuva faz este trabalho de animação, e por isso estou aqui para escrever sobre um assunto ou ideia que estava engavetada com muitas outras. Quando falamos nos estudos acadêmicos em "buscar a verdade", "transmitir a verdade", "servir a verdade" ou mesmo em "obedecer a verdade" muitas vezes pressupõe-se a realidade VERDADE que pode-se simplesmente apresentá-la como Aristóteles, mas a verdade mesmo é uma PESSOA, e escrevo em caixa alta porque refiro-me a Deus mesmo, o Criador por excelência, fonte de toda a realidade existente. De fato, nada existe sem a consciência Divina que existe pensando em tudo e em todos, já que o seu esquecimento de alguma realidade significaria a inexistência desta realidade. Se você não chegou a esta certeza da dependência da realidade do pensamento

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡


Sobre o caso Pe. Thomas Williams, LC

Mesmo após a grande enxurada de casos escandalosos envolvendo membros da Igreja, mesmo depois da exposição pública do condenável comportamento do fundador da Congragação Legionários de Cristo, ainda fico meio chocado quando se revela mais um caso de devio de conduta, envolvendo um sacerdote da Igreja Católica.

Talvez pela falta de compreensão do vasto horizonte que têm a imperfeição humana, me encontro muitas vezes a pensar na grande dificuldade que estes homens colocam sobre os ombros da Santa Igreja. Não os condeno, assim como também a misericordiosa caridade do Santo Padre certamente não os condenará, mas é inevitável não dar-lhes a pena por tais ato. Evidentemente sei que existem casos mais graves que outros, escandalos mais profundos que outros. Assim é que vejo o caso do Pe. Thomas, não o equiparo aos muitos casos de pedofilia, mas igualmente o vejo como desvio grave da própria promessa que ele realizou diante da Igreja a Deus, e também a própria falta de obediência a esta Mãe de todos os cristãos.

Acredito que, com muita caridade, devemos olhar este mencionado caso como lembrete de que todos, sem excessão, estão sujeitos as investidas do mal, que por muitos caminhos e se utilizando de vários artifícios, procura ferir-nos, principalmente nossa fidelidade a fé e a Igreja. Pessoas como os sacerdotes estão revestidos das graças de Deus, mas mesmo assim contam sempre com sua natureza que os inclina do mesmo modo que a todos ao pecado. Eles precisam intensificar sua fé para vencer sempre o desejo pelo inadequado, ou seja, para sempre fugir do pecado.

Ao Pe. Thomas Williams e a Congregação dos Legionários de Cristo, nossa oração.

Blog VALDERI

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção