Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Marx e os seus dominaram a educação brasileira

Que os livros didáticos oferecidos paras as escolas no Brasil inteiro serem fundamentados em figuras como Paulo Freire, Michel de Foucault, Jonh Dewey, Antonio Gramnsci e Jean-Jacques Rosseau, é um fato notório, e basta qualquer passada de olhos nestes mesmos livros que os professores usam em suas aulas e os que eles mesmos utilizam para se formarem, para notarmos a ideologia social presente destes senhores acima citado em todos os campos do conhecimento, em todas as áreas, pois se focaram não no conteúdo em si das matérias mas na forma, na didática utilizada, tornando assim qualquer matéria meio de formação segundo a ideologia que desejam fixar nas gerações. No trecho destacado abaixo, percebe-se o porque existe uma mudez nacional acerca desta formação ideológica ministrada nas escolas por quase todos os professores. Tirado do site Wikipedia O final deste trecho é o mais importante, pois é através dele que podemos perceber a profundidade e extensão do problema a se enfrentar. As obras

BEM VINDO

Governo do Brasil: “pior que tá não fica”

Estamos a 2 dias de encontrar o algoz do Brasil, a urna eleitoral. Nela cada brasileiro ajudará a definir o capitão desta nave chamada Brasil, que outrora era chamada de Terra de Santa Cruz.

Mas como já escrevi anteriormente, para qualquer cristão ou não cristão, desde que a consciência fale mais alto, a situação é muito difícil. Na verdade daria para aderir aquela frase, “entre o Diabo e Satanás…”.

Chegando próximo ao dia derradeiro me lembro do vídeo que assisti no youtube de um candidato a deputado federal. Não sei se a intenção dele era realmente fazer comédia da situação trágica em que o cenário político do Brasil esta, mas ficou adequado a este palco de palhaços sob a imensa lona de circo chamado Governo do Brasil.

Afinal, como ele diz na campanha: “pior que tá não fica”.

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção