Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Marx e os seus dominaram a educação brasileira

Que os livros didáticos oferecidos paras as escolas no Brasil inteiro serem fundamentados em figuras como Paulo Freire, Michel de Foucault, Jonh Dewey, Antonio Gramnsci e Jean-Jacques Rosseau, é um fato notório, e basta qualquer passada de olhos nestes mesmos livros que os professores usam em suas aulas e os que eles mesmos utilizam para se formarem, para notarmos a ideologia social presente destes senhores acima citado em todos os campos do conhecimento, em todas as áreas, pois se focaram não no conteúdo em si das matérias mas na forma, na didática utilizada, tornando assim qualquer matéria meio de formação segundo a ideologia que desejam fixar nas gerações. No trecho destacado abaixo, percebe-se o porque existe uma mudez nacional acerca desta formação ideológica ministrada nas escolas por quase todos os professores. Tirado do site Wikipedia O final deste trecho é o mais importante, pois é através dele que podemos perceber a profundidade e extensão do problema a se enfrentar. As obras

BEM VINDO

Genésio Boff: poeira sacudida para apoiar abortista

Caros amigos.
Havia prometido a mim mesmo não gastar meu tempo mais do que já gastei para falar desse senhor, mas não pude resistir a tentação (mais uma vez!) de declinar diante dessa patética entrevista que ele concedeu ao blog SAOCO, de Londrina (PR/Brasil).
Acredito que seja de conhecimento da maioria os pontos principais da história de luta de Genésio Boff contra a Igreja Católico. Aliás, ele diz que sua intriga é com a autoridades eclesiásticas, ou seja, cabe aqui aquele bordão hay gobierno, soy contra. Mais especificamente contra o Santo Padre, em especial Bento XVI nos dias atuais. Na verdade, sua revolta se estende contra a figura do papado que ele não é capaz de admitir por pura conviniência já que tenta não perder tanta popularidade no meios “católicos”, além do que ele mesmo continua se dizendo “católico”, como podemos ver no vídeo e temos registrados inúmeros ligares.
Sua base espiritual deixou a muito tempo de ser a Igreja como comunidade de fé, seguidora de Jesus Cristo e seus ensinamentos. Hoje sua base claramente é a moribunda Teolgia da Libertação que insiste em sobreviver sendo ela mesma anacrônia no panteão dos erros humanos.
O que vemos neste vídeo é mais uma demonstração da derradeira mentalidade morta que teima em tirar o pó de uma ideologia felizmente em extinção, sepultada na cova comum onde jaz o nazismo, o comunismo e tantos “ismos” que apenas trouxeram a tempestade para a nau de Pedro.
Seu apoio público a um partido que tenta a todo custo implantar a cultura da morte é mais um argumento de mentalidade leprosamente decaída que acredita ter voz na multidão. Sinto pena desse senhor!

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção