Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Marx e os seus dominaram a educação brasileira

Que os livros didáticos oferecidos paras as escolas no Brasil inteiro serem fundamentados em figuras como Paulo Freire, Michel de Foucault, Jonh Dewey, Antonio Gramnsci e Jean-Jacques Rosseau, é um fato notório, e basta qualquer passada de olhos nestes mesmos livros que os professores usam em suas aulas e os que eles mesmos utilizam para se formarem, para notarmos a ideologia social presente destes senhores acima citado em todos os campos do conhecimento, em todas as áreas, pois se focaram não no conteúdo em si das matérias mas na forma, na didática utilizada, tornando assim qualquer matéria meio de formação segundo a ideologia que desejam fixar nas gerações. No trecho destacado abaixo, percebe-se o porque existe uma mudez nacional acerca desta formação ideológica ministrada nas escolas por quase todos os professores. Tirado do site Wikipedia O final deste trecho é o mais importante, pois é através dele que podemos perceber a profundidade e extensão do problema a se enfrentar. As obras

BEM VINDO

Estado laico não significa "sem" crentes

"Os abortistas enchem a boca para afirmar que a interdição é de natureza religiosa e que o estado é leigo. Uma ova! Mais de 70% dos brasileiros são contra a mudança da legislação na área. Se é ou não a religião que move boa parte, pouco importa. O estado brasileiro existe também para os crentes. Ou não? Se o estado tem de ser leigo, e tem, também tem de ser neutro no que diz respeito a paixões. Não cabe ao governo, como gerente desse Estado na área executiva, patrocinar campanhas contra interdições legais. O governo é um servo das leis, não um agente do proselitismo". (http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/46509/?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+ReinaldoAzevedo+(Reinaldo+Azevedo)&utm_content=Twitter)
Reinaldo Azevedo escreve neste pequeno parágrafo a indignação que move muitos cristãos no país inteiro. Afinal, os cristãos não são cidadãos também? Por acaso não podemos defender a democracia de pretuberâncias maléficas por causa de nossa crença? O Estado ser laico significa que os cristãos que nele vivem não devem se pronunciar em nada? Então os crentes não devem morar Estado laico!
Nestes tempos contemporâneos mais do que nunca se precisou ouvir a voz daqueles que crêem, pois é justamente pela iluminação dada pela fé é que se pode encontrar caminhos coerentes para o bem viver em sociedade. Isto já encontrávamos na Idade Média (a mesma que muitos teimam em chamar de "idade das trevas"), uma sociedade que sabia encontrar a justiça e a ordem iluminados pela fé em Deus, pois reconheciam Nele a fonte dos princípios mais básicos do bem comum.
Hoje, em especial nesta Terra de Santa Cruz, envolta em um sincretismo que esta levando a maioria a anular a coerência interna, a Essência do mundo e do homem se levanta mais fortemente para fazer lembrar a todos que existe UM CAMINHO a seguir e que todos o devem percorrer para a realização de suas vidas, não importando se de vão de chinelos ou sapatos, se de saias ou de calças, se de brincos ou tiaras.
Um estado laico significa afirmação da liberdade religiosa não repressão desta quando ela deseja se pronunciar.

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção