Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Marx e os seus dominaram a educação brasileira

Que os livros didáticos oferecidos paras as escolas no Brasil inteiro serem fundamentados em figuras como Paulo Freire, Michel de Foucault, Jonh Dewey, Antonio Gramnsci e Jean-Jacques Rosseau, é um fato notório, e basta qualquer passada de olhos nestes mesmos livros que os professores usam em suas aulas e os que eles mesmos utilizam para se formarem, para notarmos a ideologia social presente destes senhores acima citado em todos os campos do conhecimento, em todas as áreas, pois se focaram não no conteúdo em si das matérias mas na forma, na didática utilizada, tornando assim qualquer matéria meio de formação segundo a ideologia que desejam fixar nas gerações. No trecho destacado abaixo, percebe-se o porque existe uma mudez nacional acerca desta formação ideológica ministrada nas escolas por quase todos os professores. Tirado do site Wikipedia O final deste trecho é o mais importante, pois é através dele que podemos perceber a profundidade e extensão do problema a se enfrentar. As obras

BEM VINDO

Vergonha, tristeza… mas ânimo para lutar!

Li com muito sentimento de indignação e tristeza os relatos em um post no blog Deus lo vult! sobre uma recente passeata dos Grito dos Excluídos (assim denominada sem fundamento!) no território da Aquidiocese de Olinda e Recife.

Mais do que indignação e tristeza abateu sobre mim verdadeira vergonha por saber que vários membros da Igreja, inclusive sua excelência reverendíssima Dom Fernando, arcebispo, juntamente com numeroso grupo de leigos estavam “apoiando” não somente o evento Grito dos Excluídos, mas também movimentos que esbravejavam seus slogans e aproveitaram o grande público para propagandiar suas lutas em favor do aborto e do homossexualismo explícito.

Fotos e este (triste) relato se encontra no post mencionado no Deus lo vult!.

De imediato mandei um email a Dom Fernado expressando minha tristeza e vergonha como deve ter abatido muitos filhos que lutam pela sua mãe, a Igreja. Coloco o texto do email que mandei a Dom Fernado, pois tenho dúvidas sobre sua leitura por parte deste arcebispo.

Email para Dom Fernando Saburido

Extra Ecclesia nulla Salus.

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção