Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Marx e os seus dominaram a educação brasileira

Que os livros didáticos oferecidos paras as escolas no Brasil inteiro serem fundamentados em figuras como Paulo Freire, Michel de Foucault, Jonh Dewey, Antonio Gramnsci e Jean-Jacques Rosseau, é um fato notório, e basta qualquer passada de olhos nestes mesmos livros que os professores usam em suas aulas e os que eles mesmos utilizam para se formarem, para notarmos a ideologia social presente destes senhores acima citado em todos os campos do conhecimento, em todas as áreas, pois se focaram não no conteúdo em si das matérias mas na forma, na didática utilizada, tornando assim qualquer matéria meio de formação segundo a ideologia que desejam fixar nas gerações. No trecho destacado abaixo, percebe-se o porque existe uma mudez nacional acerca desta formação ideológica ministrada nas escolas por quase todos os professores. Tirado do site Wikipedia O final deste trecho é o mais importante, pois é através dele que podemos perceber a profundidade e extensão do problema a se enfrentar. As obras

BEM VINDO

Fides et Ratio: 12 anos - I Postagem

Postagem I

Hoje se lembra a passagem de doze anos que a humanidade pode contar com existência desta carta encíclica do venerável João Paulo II. Misto de reflexão filosófica sobre o ser com uma aguçada meditação sobre o reflexo de tal pensamento no homem moderno, Fides et Ratio é uma referência para o estudo sobre a arte da sabedoria, entendendo ela como essencial união entre o crer e o entender, entre a fé e a razão.

Quem sou eu? Donde venho e para onde vou? Porque existe o mal? O que é que existirá depois desta vida? Estas perguntas encontram-se nos escritos sagrados de Israel, mas aparecem também nos Vedas e no Avestá; achamo-las tanto nos escritos de Confúcio e Lao-Tze, como na pregação de Tirtankara e de Buda; e assomam ainda quer nos poemas de Homero e nas tragédias de Eurípides e Sófocles, quer nos tratados filosóficos de Platão e Aristóteles. São questões que têm a sua fonte comum naquela exigência de sentido que, desde sempre, urge no coração do homem: da resposta a tais perguntas depende efetivamente a orientação que se imprime à existência.

FIDES ET RATIO

Introdução [1-6]

CAPÍTULO I - A REVELAÇÃO DA SABEDORIA DE DEUS [7-15]

CAPÍTULO II - CREDO UT INTELLEGAM [16-23]

CAPÍTULO III - INTELLEGO UT CREDAM [24-34]

CAPÍTULO IV - A RELAÇÃO ENTRE A FÉ E A RAZÃO [35-48]

CAPÍTULO V - INTERVENÇÕES DO MAGISTÉRIOEM MATÉRIA FILOSÓFICA [49-63]

CAPÍTULO VI - INTERACÇÃO DA TEOLOGIACOM A FILOSOFIA [64-79]

CAPÍTULO VII - EXIGÊNCIAS E TAREFAS ACTUAIS [80-99]

CONCLUSÃO [100-108]

NOTAS DA FIDES ET RATIO

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção