Pular para o conteúdo principal

≡≡ LEITURA RECOMENDADA

O conservador na guerra hermenêutica

Contra tudo o que pode parecer comum no mundo atual, o conservador não deixa-se levar pelas pressões sociais e grupais, que muitas vezes cobram altos preços pela aquesciencia ou pelo enfrentamento de ideias e posturas sem nenhum fundamento na realidade, sem nenhuma obediência a natureza mesmo das coisas criadas e sustentadas pelo Criador.  Claro que a imensa maioria destas ideias e posturas que pressionam o conservador originam-se de mentes negadoras da existência de Deus ou negam sua fundamental influência no mundo e na história, o que faz com  estas ideias e posturas já desenvolvam-se alienadas da ideia de um criador e sustentador da existência em seu ser. Esse pressuposto já traz um bom motivo para que o conservador desconfie de qualquer "boa ação" ou "boa intenção" que possa ser apresentada a ele, sendo patrocinada e impulsionada por quem pressupostamente desconsidera o fundamento da realidade existente. Já escrevi aqui sobre a fundamental insistência da mente

O Brasil nasceu e vive pela Monarquia

Gloriosamente diversas nações da terra tiveram suas mais notáveis evoluções sob a régia de um monarca. Assim ao longo da história podemos constatar cidades sendo desenvolvidas, o próprio conceito de sociedade como aglomerado não somente de pessoas mais um misto de cultura, ciência, religião e economia.

O Brasil, nossa terra amada, não podia ser fundada diferentemente. Apesar de não reinante, nosso país têm um monarca, herdeiro direto do trono. Tantos países do “velho” continente nos provam que é possível manter a mornarquia em sua dignidade que sempre teve, e as atuais mudanças democráticas.

Alias, em tempos confusos politicamente falando, a tendência é de suspirar “se o Brasil continuassse com seu Imperador reinante talvez seria diferente”. Não tenho dúvida que a dimensão paterna que sempre teve o rei ou imperador ajudaria a manter a igualdade neste vasto país. Me respondam que sentimento zeloso de pai que tem nossos políticos atuais?! Em anos de eleição presidencial não vi no passado, não vejo no presente e não antevejo no futuro!

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Carta de um leigo a Dom Benedito Beni dos Santos a respetio da “Missa Sertaneja” celebrada pela Comunidade Canção Nova