Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Cooperatores veritatis

É verão e esta chovendo, aquelas típicas chuvas de verão, rápidas e de violência amena o suficiente para refrescar o ambiente. O calor excessivo não me anima a escrever, mas a chuva faz este trabalho de animação, e por isso estou aqui para escrever sobre um assunto ou ideia que estava engavetada com muitas outras. Quando falamos nos estudos acadêmicos em "buscar a verdade", "transmitir a verdade", "servir a verdade" ou mesmo em "obedecer a verdade" muitas vezes pressupõe-se a realidade VERDADE que pode-se simplesmente apresentá-la como Aristóteles, mas a verdade mesmo é uma PESSOA, e escrevo em caixa alta porque refiro-me a Deus mesmo, o Criador por excelência, fonte de toda a realidade existente. De fato, nada existe sem a consciência Divina que existe pensando em tudo e em todos, já que o seu esquecimento de alguma realidade significaria a inexistência desta realidade. Se você não chegou a esta certeza da dependência da realidade do pensamento

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡


Venezuela: Hugo Chávez proibirá emissora de televisão católica no país

Fonte: www.zenit.org

Outra atitude na tensão criada pelo governo


Por Nieves San Martín
CARACAS, quarta-feira, 21 de julho de 2010 (ZENIT.org) - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, pediu ao ministro do Interior, Tareck El Aissami, "revisar" a concessão de um canal de televisão ao arcebispado de Caracas para "recuperá-lo" e "colocá-lo às ordens do povo". Trata-se de outra atitude em relação à tensão com a Igreja criada pelo governo, em uma série de ataques dirigidos especialmente contra o cardeal Urosa, arcebispo de Caracas.
O presidente venezuelano fez este pedido sobre a emissora de sinal aberto Vale TV (Valores Educativos Televisão) depois de ratificar sua vontade de revisar o convênio da Venezuela com o Vaticano e de convidar ao núncio apostólico, Pietro Parolin, a "falar" sobre o tema.
"Revisemos [a concessão da Vale TV], Tareck, para recuperar esse canal e colocá-lo às ordens do povo", repetiu Chávez em um programa televisivo com membros da Polícia Nacional Bolivariana.
A Vale TV se identifica em seu site como um canal aberto e sem fins lucrativos dedicado à cultura, pertencente à Televisão Nacional, canal 5, o primeiro canal público de televisão da Venezuela, fundado em 1952.
Em 1998, o então presidente da Venezuela, Rafael Caldera, outorgou a concessão deste canal ao arcebispado de Caracas, que iniciou suas emissões em 4 de dezembro desse mesmo ano. Neste sentido, Chávez garantiu que Caldera "entregou" o canal 5 à "hierarquia eclesiástica" em 1998, "violando uma série de procedimentos".
A atual polêmica entre a hierarquia eclesiástica venezuelana e o governo surgiu no início de julho, quando o arcebispo de Caracas, Cardeal Jorge Urosa, disse que Chávez violava a Constituição ao querer impor uma "ditadura comunista" no país, e o governante lhe chamou de "troglodita" e "indigno" e ameaçou processá-lo por injúrias.
Nesse contexto, o mandatário revelou que o secretário do Estado Vaticano, cardeal Tarcisio Bertone, disse nessa semana ao seu ministro de Relações Exteriores, Nicolás Maduro, estar "preocupado" pelas suas recentes declarações sobre a revisão do acordo de 1964.
"Parece que no Vaticano estão muito preocupados porque eu anunciei, e vamos fazer, uma revisão do convênio", disse Chávez, em relação à firma de Modus Vivendi  de 6 de março de 1964, entre o Estado venezuelano e a Nunciatura Apostólica.
Este documento compromete a transferência à Igreja Católica de recursos provenientes da exportação de petróleo para o financiamento de obras sociais e projetos educativos.

Comentários

"Infelizmente agora com este processo do Presidente Hugo Chávez, virtualmente não deixa escapatória, não há a liberdade suficiente para opinar, para respeitar a opinião e essa é a primeira base do diálogo, o primeiro fundamento de um diálogo é escutar e respeitar-nos"...

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção