Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Cooperatores veritatis

É verão e esta chovendo, aquelas típicas chuvas de verão, rápidas e de violência amena o suficiente para refrescar o ambiente. O calor excessivo não me anima a escrever, mas a chuva faz este trabalho de animação, e por isso estou aqui para escrever sobre um assunto ou ideia que estava engavetada com muitas outras. Quando falamos nos estudos acadêmicos em "buscar a verdade", "transmitir a verdade", "servir a verdade" ou mesmo em "obedecer a verdade" muitas vezes pressupõe-se a realidade VERDADE que pode-se simplesmente apresentá-la como Aristóteles, mas a verdade mesmo é uma PESSOA, e escrevo em caixa alta porque refiro-me a Deus mesmo, o Criador por excelência, fonte de toda a realidade existente. De fato, nada existe sem a consciência Divina que existe pensando em tudo e em todos, já que o seu esquecimento de alguma realidade significaria a inexistência desta realidade. Se você não chegou a esta certeza da dependência da realidade do pensamento

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡


A velhice e a morte

Será que Paulo Coelho percebeu que esta ficando velho?!

***

Quando ficamos velhos, e estamos perto da morte, passamos a acreditar em qualquer coisa. Podemos durar mais cinco, dez, vinte anos – entretanto, com esta idade a gente termina entendendo que vai morrer.

Para os mais jovens, a morte é uma ideia remota, que pode acontecer um dia. Para os velhos, é algo que pode vir amanhã. Por isso, muitos velhos passam o tempo que lhes sobra olhando apenas numa direção: o passado.

Não é que gostem muito das lembranças; mas sabem que ali não vão encontrar o que temem.

Poucos velhos olham para o futuro, e quando fazem isso, descobrem o que o futuro realmente lhes reserva: a morte.

Fonte: http://colunas.g1.com.br/paulocoelho/2010/07/31/a-velhice-e-a-morte/

Comentários

Anônimo disse…
A morte espera por todos após a concepção que se inicia com a vida. Seja nenê, criança, jovem, adulto ou idoso, a morte é uma realidade diária do que é vivo. Os ocidentais tendem a colocar no armário do esquecimento a morte, dai quando ela ocorre é aquele horror, como se ela fosse uma completa estranha. Este mundo já tev camadas e camadas de vivos e respiramos o pó de todos cadaveres dos seres que já viveram. A crença em algo é mero sustentáculo psicológico para AS AÇÕES humanas. A crença dá aval aos atos humanos, sejam eles bons ou maus.Colocar a morte como fato inarredável apenas do idoso é muita ignorancia, a morte não tem data ou idade para vir.Ela bate a porta todo segundo.
VALDERI SILVA disse…
"Colocar a morte como fato inarredável apenas do idoso é muita ignorancia...".
Concordo com este fato, por isso todos devem pensar e até esperar a morte, naquele sentido de estar sempre preparado.
Obrigado pelo comentário.