Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Marx e os seus dominaram a educação brasileira

Que os livros didáticos oferecidos paras as escolas no Brasil inteiro serem fundamentados em figuras como Paulo Freire, Michel de Foucault, Jonh Dewey, Antonio Gramnsci e Jean-Jacques Rosseau, é um fato notório, e basta qualquer passada de olhos nestes mesmos livros que os professores usam em suas aulas e os que eles mesmos utilizam para se formarem, para notarmos a ideologia social presente destes senhores acima citado em todos os campos do conhecimento, em todas as áreas, pois se focaram não no conteúdo em si das matérias mas na forma, na didática utilizada, tornando assim qualquer matéria meio de formação segundo a ideologia que desejam fixar nas gerações. No trecho destacado abaixo, percebe-se o porque existe uma mudez nacional acerca desta formação ideológica ministrada nas escolas por quase todos os professores. Tirado do site Wikipedia O final deste trecho é o mais importante, pois é através dele que podemos perceber a profundidade e extensão do problema a se enfrentar. As obras

BEM VINDO

TV “emburrece”

A muito tempo que se ouve dizer que assistir compulsivamente televisão “emburrece” as pessoas. Não somente pelos programas que cada vez mais estão se demonstrando deleite de zumbis, mas pela própria ociosidade mental que a enxurrada de imagens televisivas transmitem a quem o assiste.
Vejo um pequeno exemplo em minha mãe, depois de tantos anos “tendo” como atrativo a TV agora não consegue  nem conversar com comigo quando estou com ela. Algo familiar?! Já me falaram de inúmeros lares em que a televisão se transformou em estopim de guerra, pois o ser humano não consegue “desligar-se” daquilo que o “ligou”.
Uma máxima completamente equivocada dita a quatro contos é a que a pessoa esta “viciada em televisão”. Realmente a televisão tida como “droga alucinógena  vicia, mas muitos tratam disto com um tom de normalidade. Ora, o normal é conversar com os familiares, ser livre para levantar da cadeira e sair a hora que quiser sem se prender por inanimado. Tornar o “vício” em televisão “normal” é algo que a sociedade inversora de valores esta querendo propôr, e isto é promovido principalmente pela própria televisão.
No jornal Zero Hora em seu caderno Vida, li uma pequena visão de especialistas que mostram o quanto isso pode ser prejudicial a mente das pessoas, principalmente as pessoas mais velhas.
“ASSISTIR À TV ESTIMULA A MENTE
Mito. A TV é um importante canal de informação e entretenimento, mas pouco estimula o cérebro. O hábito de ficar muito tempo na frente do aparelho acaba causando a perda das reservas cognitivas.” (Zero Hora, Vida)
No site Yahoo! Respostas encontrei esta enquete:
“Vc acha que a tv "emburrece" ás pessoas?”, a maioria das respostas são substânciais.






Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção