Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Cooperatores veritatis

É verão e esta chovendo, aquelas típicas chuvas de verão, rápidas e de violência amena o suficiente para refrescar o ambiente. O calor excessivo não me anima a escrever, mas a chuva faz este trabalho de animação, e por isso estou aqui para escrever sobre um assunto ou ideia que estava engavetada com muitas outras. Quando falamos nos estudos acadêmicos em "buscar a verdade", "transmitir a verdade", "servir a verdade" ou mesmo em "obedecer a verdade" muitas vezes pressupõe-se a realidade VERDADE que pode-se simplesmente apresentá-la como Aristóteles, mas a verdade mesmo é uma PESSOA, e escrevo em caixa alta porque refiro-me a Deus mesmo, o Criador por excelência, fonte de toda a realidade existente. De fato, nada existe sem a consciência Divina que existe pensando em tudo e em todos, já que o seu esquecimento de alguma realidade significaria a inexistência desta realidade. Se você não chegou a esta certeza da dependência da realidade do pensamento

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡


Atualizadas as normas sobre os delitos graves na Igreja

IMPORTANTE:

Videos H2O news - logo A Congregação para a Doutrina da Fé publicou a atualização das chamadas Normas sobre os delitos mais graves, aprovadas por Bento XVI em 21 de maio e relativas ao conjunto de providências que permitem ao organismo vaticano intervir nos casos de delitos cometidos contra os Sacramentos da Eucaristia e da Penitência e nos casos de abuso sexual contra menores. Na atual revisão, muda também a pena para este tipo de delito, que passa de 10 a 20 anos e pode ser prorrogado para além deste limite. Significativo foi equiparar o abuso contra pessoas com limitado uso da razão àquele sobre menores. Introduz-se o delito de 'pedopornografia', compreendido como a aquisição, detenção ou a divulgação por parte de um sacerdote de imagens pornográficas tendo como objeto menores de 14 anos. As Normas reiteram o princípio do caráter confidencial dos processos, para tutelar a dignidade de todas as pessoas envolvidas.

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção