Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Cooperatores veritatis

É verão e esta chovendo, aquelas típicas chuvas de verão, rápidas e de violência amena o suficiente para refrescar o ambiente. O calor excessivo não me anima a escrever, mas a chuva faz este trabalho de animação, e por isso estou aqui para escrever sobre um assunto ou ideia que estava engavetada com muitas outras. Quando falamos nos estudos acadêmicos em "buscar a verdade", "transmitir a verdade", "servir a verdade" ou mesmo em "obedecer a verdade" muitas vezes pressupõe-se a realidade VERDADE que pode-se simplesmente apresentá-la como Aristóteles, mas a verdade mesmo é uma PESSOA, e escrevo em caixa alta porque refiro-me a Deus mesmo, o Criador por excelência, fonte de toda a realidade existente. De fato, nada existe sem a consciência Divina que existe pensando em tudo e em todos, já que o seu esquecimento de alguma realidade significaria a inexistência desta realidade. Se você não chegou a esta certeza da dependência da realidade do pensamento

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡


CRÔNICAS DE UM DESCONHECIDO – I

Dúvida do caminho.
Antes de passar para o outro lado da rua percebi que a frente, no qual queria estar, havia dois lados, naturalmente um para a direita e outro para a esquerda. Percebi naquele momento que estava em dúvida. Qual caminho tomar? Que rua seguir? Para que lado ir? Não que na realidade estive perdido, sabia aonde ir e por onde, mas num relance mental fiquei observando aqueles caminhos que poderiam tranqüilamente me levar ao mesmo objetivo, mas um certamente haveria de ser mais “fácil” que o outro.
Mas e agora: qual caminho tomar? Certo é aquilo que um amigo me disse certa vez: “coisa ‘fácil’ é coisa torta”. Tenho que concordar com este ditado de meu amigo. Tudo que parece ser fácil acaba se mostrando ao final que sairíamos menos desgastados e mais puros se não procurasse sempre o fácil!
Assim me via na encruzilhada. Dois caminhos, um fácil porque me levava diretamente ao objetivo, e outro “fácil” porque me levava ao objetivo com muitos outros atrativos anexados, ficando no final, um caminho torto.

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção