Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Cooperatores veritatis

É verão e esta chovendo, aquelas típicas chuvas de verão, rápidas e de violência amena o suficiente para refrescar o ambiente. O calor excessivo não me anima a escrever, mas a chuva faz este trabalho de animação, e por isso estou aqui para escrever sobre um assunto ou ideia que estava engavetada com muitas outras. Quando falamos nos estudos acadêmicos em "buscar a verdade", "transmitir a verdade", "servir a verdade" ou mesmo em "obedecer a verdade" muitas vezes pressupõe-se a realidade VERDADE que pode-se simplesmente apresentá-la como Aristóteles, mas a verdade mesmo é uma PESSOA, e escrevo em caixa alta porque refiro-me a Deus mesmo, o Criador por excelência, fonte de toda a realidade existente. De fato, nada existe sem a consciência Divina que existe pensando em tudo e em todos, já que o seu esquecimento de alguma realidade significaria a inexistência desta realidade. Se você não chegou a esta certeza da dependência da realidade do pensamento

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡


PAIRAM FUMAÇAS SOBRE O INTER!

Ontem a noite vi algo que fez jus a realidade. Não somente porque sou gremista que falo, mas porque o Corintians demonstrou uma competência sem igual.
O Corintians tendo vencido por 2 a 0 em São Paulo, gozava de um certo co9nforto para esta partida de ontem. Ele fez seu dever de casa, ganhou em casa. O Inter é que não soube fazer aquele gol tão necessário fora de casa para que sua desvantagem não ficasse tão desesperadora, afinal em casa teria o Corintians, time bem postado que perdeu uma somente no campeonato e que tem um dos melhores técnicos da atualidade no Brasil. Bom, aconteceu que dentro dos 20 minutos iniciais, Jorge Henrique do Corintians fez um gol. Algo completamente inesperado para aquela torcida, mais de 40 mil colorados se calaram e escutaram a voz de dois mil corintianos – apenas 2 MIL – que comemoraram como nunca aquele gol. E para completar a festa corintiana, André Santos fez outro gol aos 28 minutos... Preciso falar?! Calou-se o chamado “Monumental Beira Rio”. 2 mil fizeram a festa!!!
O Inter perdeu o controle emocional e do jogo. No segundo tempo os jogadores fizeram para o tudo ou nada, conseguiram fazer dois gols com Alessandro, um atrás do outro. Mas no meio disso os colorados mostraram o que são, crianças que não sabem perder: logo brigaram (na verdade vinham fazendo isso desde o primeiro tempo) e discutiram com o juiz. Resultado: D’Alexandro expulso e também os técnicos Mano Menezes e Tite!
Quero para terminar dizer: NILMAR DIFERENÇA? Onde?

Pax Christi

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção