Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Marx e os seus dominaram a educação brasileira

Que os livros didáticos oferecidos paras as escolas no Brasil inteiro serem fundamentados em figuras como Paulo Freire, Michel de Foucault, Jonh Dewey, Antonio Gramnsci e Jean-Jacques Rosseau, é um fato notório, e basta qualquer passada de olhos nestes mesmos livros que os professores usam em suas aulas e os que eles mesmos utilizam para se formarem, para notarmos a ideologia social presente destes senhores acima citado em todos os campos do conhecimento, em todas as áreas, pois se focaram não no conteúdo em si das matérias mas na forma, na didática utilizada, tornando assim qualquer matéria meio de formação segundo a ideologia que desejam fixar nas gerações. No trecho destacado abaixo, percebe-se o porque existe uma mudez nacional acerca desta formação ideológica ministrada nas escolas por quase todos os professores. Tirado do site Wikipedia O final deste trecho é o mais importante, pois é através dele que podemos perceber a profundidade e extensão do problema a se enfrentar. As obras

BEM VINDO

FIRMEZA NAS DECISÕES

Naturalmente uma pessoa pode ir com o tempo, formando sua personalidade. Isto implica também que aos poucos vai, a medida que assimila e forma em si valores e critérios, tomando decisões e fazendo escolhas com firmeza, ou seja, com critérios e valores.

O ser humano é mais complexo que se pode perceber ou previamente projetar ou organizar. E isto já foi mais que provado ao longo da história. Durante sua vida pode ocorrer tudo conforme ele previamente almejou ou “desenhou” para seu futuro. Mas pode também ao longo de sua trajetória deparar-se com algum fato novo e inusitado, algo que possa fazer com que ele pense: “mas isto é superável, porque não consigo?”

Podemos imaginar logo que é falta de algo que ele deveria ter algo na sua formação interior, algo que está fraco e que só agora se percebe que é um ponto sensível nele. Porém, pensando assim, pode-se negligenciar outro lado possível. Pode realmente o ser humano deparar-se com algo imprevisto em sua vida, e diante disso tomar uma atitude que resuma todas as dimensões que nele há? Falo da mescla de critérios baseados na ordem natural, na lei divina e positiva com seus mais puros e fortes “sentimentos” que o leva a algo diferente do que o “mundo” dele esperava.

É possível ser fiel parecendo infiel? É possível amar, quando se faz algo parecendo menosprezá-lo?

Pax Christi

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção