Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Marx e os seus dominaram a educação brasileira

Que os livros didáticos oferecidos paras as escolas no Brasil inteiro serem fundamentados em figuras como Paulo Freire, Michel de Foucault, Jonh Dewey, Antonio Gramnsci e Jean-Jacques Rosseau, é um fato notório, e basta qualquer passada de olhos nestes mesmos livros que os professores usam em suas aulas e os que eles mesmos utilizam para se formarem, para notarmos a ideologia social presente destes senhores acima citado em todos os campos do conhecimento, em todas as áreas, pois se focaram não no conteúdo em si das matérias mas na forma, na didática utilizada, tornando assim qualquer matéria meio de formação segundo a ideologia que desejam fixar nas gerações. No trecho destacado abaixo, percebe-se o porque existe uma mudez nacional acerca desta formação ideológica ministrada nas escolas por quase todos os professores. Tirado do site Wikipedia O final deste trecho é o mais importante, pois é através dele que podemos perceber a profundidade e extensão do problema a se enfrentar. As obras

BEM VINDO

PESQUISA COM CÉLULAS-TRONCO EMBRIONÁRIAS PREOCUPA IGREJA NA COREIA

PESQUISA COM CÉLULAS-TRONCO EMBRIONÁRIAS PREOCUPA IGREJA NA COREIA


O Comitê Nacional de Bioética quer autorizá-la em um hospital local


SEUL, terça-feira, 5 de maio de 2009 (ZENIT.org).- O Comitê de Bioética da Conferência Episcopal coreana mostrou sua oposição à decisão do Comitê Nacional de Bioética (CNB), anunciada em 29 de abril passado, de autorizar a pesquisa com embriões humanos em um hospital local.

Seu presidente, o bispo de Cheoungju, Dom Gabriel Chang Bong-Hun, reagiu imediatamente ao anúncio do CNB com um comunicado sobre o qual informa a agência de notícias UCA News

O comunicado assinala que a Igreja está muito preocupada por esta pesquisa porque supõe manipular e destruir embriões, cada um dos quais é uma vida humana. 

O bispo destacou que a Igreja é consciente da dor das pessoas que sofrem por doenças incuráveis e recordou que a Igreja apoia a pesquisa com células-tronco adultas. 

Na Coreia do Sul, desenvolveram-se pesquisas com células-tronco adultas no Instituto de Terapia Celular e Genética do Centro Médico Católico, afiliado à Escola de Medicina da Universidade Católica da Coreia, algumas delas financiadas pelo próprio governo. 

Atualmente, no país está permitida a pesquisa com embriões com fins terapêuticos e com algumas determinadas condições estabelecidas pelo CNB. 

No momento, contudo, a decisão do Comitê Nacional de Bioética está pendente de uma aprovação final do Ministério de Saúde, Bem-estar e Assuntos de Família. 

Desde que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, levantou as restrições do anterior governo à pesquisa com embriões, em 9 de março passado, a mídia e os cientistas da Coreia do Sul pressionaram com força o governo para que permitisse essas pesquisas no país. 

Por sua vez, a Coreia do Sul tem muito viva a lembrança dos problemas éticos de pesquisas como a que falsamente se apresentou ao mundo como a primeira clonagem de um embrião humano, em 2005. 

O próprio Papa Bento XVI alertou, ao receber o embaixador da Coreia do Sul em 2007, sobre a tentação de que a pesquisa científica pisoteie a dignidade fundamental do ser humano, como no caso dos experimentos com embriões humanos que depois são destruídos.

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção