Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Marx e os seus dominaram a educação brasileira

Que os livros didáticos oferecidos paras as escolas no Brasil inteiro serem fundamentados em figuras como Paulo Freire, Michel de Foucault, Jonh Dewey, Antonio Gramnsci e Jean-Jacques Rosseau, é um fato notório, e basta qualquer passada de olhos nestes mesmos livros que os professores usam em suas aulas e os que eles mesmos utilizam para se formarem, para notarmos a ideologia social presente destes senhores acima citado em todos os campos do conhecimento, em todas as áreas, pois se focaram não no conteúdo em si das matérias mas na forma, na didática utilizada, tornando assim qualquer matéria meio de formação segundo a ideologia que desejam fixar nas gerações. No trecho destacado abaixo, percebe-se o porque existe uma mudez nacional acerca desta formação ideológica ministrada nas escolas por quase todos os professores. Tirado do site Wikipedia O final deste trecho é o mais importante, pois é através dele que podemos perceber a profundidade e extensão do problema a se enfrentar. As obras

BEM VINDO

Crônicas da Ascensão IV


Texto extraído do "O dia do Senhor", nº 2179.


SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR
Toda a história da salvação poderia ser resunida nos seguintes termos: "descidas de Deus" para tornar possíveis as "subidas do homem", como, aliás, já afirmou um escritor convertido. De fato, Deus desce na obra da criação, desce na doação da justiça original, desce, século após século, na voz de seus profetas. Desce, finalmente, na pessoa de seu próprio Filho. No mistério da Encarnação, a divindade aterriza em pleno chão humano. 
Jesus Cristo é Deus e, contudo, homem; é homem e, entretanto, Deus.
Ao longo do Evangelho, encontramos o Salvador da humanidade descendo: Ele desce ao podre, para saciar-lhe a fome e a sede; desce ao paralítico, para devolver-lhe o movimento de seus membros; desce ao cego, para restituir-lhe a luz dos olhos; desce ao cadavér, para dar-lhe novo

 bafo de vida. Desce até à morte, para que possamos subir até Deus.
Ao final desse itinerário, sempre em declive, só então se encontra uma linha vertical que sobe. É o mistério de sua Ascensão ao Pai de onde viera. 
Ele sobre, para que o Espírito Santo desça, tornando-se assim fonte perene de graça, até ao fim dos tempos. Aliás, como abserva acertadamente Max Sheler, o que o pensamento não conseguiu descobrir, a Noite de Natal veio revelar. ou seja, o amor descendo até ao homem, para que o homem possa subir até Deus. [...]

Pax Christi

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção