Pular para o conteúdo principal

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ LEITURA RECOMENDADA ≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡

Cooperatores veritatis

É verão e esta chovendo, aquelas típicas chuvas de verão, rápidas e de violência amena o suficiente para refrescar o ambiente. O calor excessivo não me anima a escrever, mas a chuva faz este trabalho de animação, e por isso estou aqui para escrever sobre um assunto ou ideia que estava engavetada com muitas outras. Quando falamos nos estudos acadêmicos em "buscar a verdade", "transmitir a verdade", "servir a verdade" ou mesmo em "obedecer a verdade" muitas vezes pressupõe-se a realidade VERDADE que pode-se simplesmente apresentá-la como Aristóteles, mas a verdade mesmo é uma PESSOA, e escrevo em caixa alta porque refiro-me a Deus mesmo, o Criador por excelência, fonte de toda a realidade existente. De fato, nada existe sem a consciência Divina que existe pensando em tudo e em todos, já que o seu esquecimento de alguma realidade significaria a inexistência desta realidade. Se você não chegou a esta certeza da dependência da realidade do pensamento

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡


BIOÉTICA: algo que trata da realidade


Ólá caros amigos!


Este assunto por muitos estudado, não trata de algo fantasioso. Mas sim de alguns assuntos que são infelizes retratos de uma sociedade com inversão (ou seria perda?) de valores que não nasceram, ou começaram a existir porque alguém decidiu, mas que junto à natureza humana passou a existir.
Assim, os chamados valores são co-naturais ao ser humano, a sua natureza. De modo que não adianta ele querer se desfazer deles ou de algum deles (como se fosse possível separá-los) sem ferir a própria natureza humana.
Assim, ao concluirmos isso já podemos de antemão projetar nosso pensamento aos diversos casos que duvidosamente se questiona a moralidade casual, elaborando falsamente outras questões para justificar o ferimento da natureza humana, como por exemplo é o ABORTO. Não se trata aqui de analisar este ou aquele caso em específico, se trata de primeiro colocar bases sólidas do valor mais elevado da natureza humana: a VIDA!

Comentários

Publicação mais visitada do site no último ano:

Objetos de Devoção