Regime australiano usa pretexto para mover cardeal Pell a uma prisão ainda mais árdua

O cardeal mártir George Pell foi movido à prisão Barwon, de máxima segurança, perto de Geelong, conforme relata a mídia australiana.

O regime usou como pretexto um drone voando por cima da prisão central de Melbourne, onde o cardeal passou quase um ano após a sua falsa condenação de 2018.

Pell estava encarregado de capinar e regar um jardim dentro da prisão. Seus atormentadores insinuaram que o drone pode ter sido usado para tirar fotos dele.

No entanto, escreve Ultraviolet, usuário do Gloria.tv, o drone provavelmente estava fornecendo drogas, o que é comum com os drones próximos às prisões: "Qualquer desculpa para levar o cardeal Pell a uma prisão pior".

As prisões da Austrália estão cronicamente infestadas por drogas.


Anúncio do Blog