DIREITOS AUTORAIS
:: Ao compartilhar algum texto, sempre citar a fonte ::
Todos os artigos não assinados são de autoria e propriedade de Valderi da Silva, administrador deste blog.

Canto de Advento: Veni, veni, Emmanuel

O hino de Advento (e Natal) Veni, Veni, Emmanuel é de fato uma síntese dos antigos Antiphons, cantados às Vésperas durante a oitava antes do Natal desde pelo menos o século IX.
Mas enquanto os Antiphons são medievais, esse hino é bem mais recente: encontra-se no Psalteriolum Cantionum Catholicarum, editado em Colônia (Alemanha) em 1710.

Um detalhe interessante sobre esse hino é que suas iniciais formam um acróstico: pegue as letras iniciais de Emmanuel, Rex, Oriens, Clavis, Radix, Adonai, Sapientia, e você terá a frase em latim Ero Cras, que pode ser traduzida como “eu estarei lá amanhã”, como se anunciasse a chegada do Messias.

Aqui, incluímos a primeira estrofe:

Veni, veni, Emmanuel
captivum solve Israel,
qui gemit in exsilio,
privatus Dei Filio.
R: Gaude! Gaude! Emmanuel,
nascetur pro te Israel!
O come, O come, Emmanuel,
and ransom captive Israel,
that morns in lonely exile here
until the Son of God appear.
R: Rejoice! Rejoice! O Israel,
to thee shall come Emmanuel!




Anúncio do Blog