DIREITOS AUTORAIS
:: Ao compartilhar algum texto, sempre citar a fonte ::
Todos os artigos não assinados são de autoria e propriedade de Valderi da Silva, administrador deste blog.

Submissão ao Islã: chamado à oração do Alcorão em Saint-Louis-des-Invalides

O drama que muitos fingem não existir.

Francesca de Villasmundo
Tradução: Blog VALDERI
Recitação do Alcorão na catedral de Saint-Louis des Invalides, em Paris, por ocasião de 20 anos de paz no Kosovo
Por ocasião dos 20 anos de paz em Kosovo, paz que embora hoje termina com a perseguição aos cristãos e submissão à lei corânica no berço da ortodoxia, a igreja de Saint-Louis-des-Invalides em Paris, a catedral da diocese dos exércitos franceses, abriu suas portas ao mundo muçulmano. E assim as vaias se podiam ouvir neste lugar elevado do cristianismo e a bravura dos soldados franceses, o chamado à oração muçulmana. Como um símbolo da submissão das forças temporais e espirituais do Ocidente à conquista do Islã, não poderíamos fazer melhor!

E se os católicos bem-nascidos, mas também os soldados franceses, estão obviamente feridos por esta iniciativa apóstata, esta recitação do Alcorão na Catedral de Saint-Louis-des-Invalides não perturbará o Papa Francisco. Não assinou recentemente com o Imam de Abu Dhabi uma declaração escandalosa sobre a fraternidade humana, para a paz mundial e a convivência comum na qual esta heresia pode ser lida?
"O pluralismo e as diversidades da religião, da cor, do sexo, da raça e da linguagem são uma sábia vontade divina, pela qual Deus criou os seres humanos. "
A igreja conciliar da França está apenas seguindo o exemplo indiferente e relativista do Vaticano!

Abaixo estão alguns trechos de um texto assinado por um soldado francês e publicado no Boulevard Voltaire. Paz muçulmana? Você disse "paz"?
"Paz em Kosovo? Eu penso nesta pequena igreja do convento ortodoxo de Devič, no coração de Kosovo. Um dia, os muçulmanos albaneses simbolicamente espantaram os olhos dos ícones, como fizeram os turcos uma vez. Uma das freiras foi estuprada. Cinco anos depois, o mesmo mosteiro foi novamente atacado por centenas de albaneses muçulmanos. As monjas mal foram evacuadas e o mosteiro foi parcialmente destruído pelo fogo. Uma velha história que remonta às Cruzadas, você me diz? De fato, foi em 1999 e 2004, durante estes vinte anos de paz celebrados no Les Invalides.
Em 2011, comandei o contingente francês em Kosovo. Uma seção de soldados franceses protegeu permanentemente este monastério. Eu recebi dois senadores - um socialista, um UMP - em uma missão parlamentar para estudar a utilidade de nossa presença neste teatro de operações. Assombrado, disse o senador UMP: é realmente útil manter este mosteiro? Eu tive que arrastá-lo para a igreja para mostrar a ele os recentes estigmas de sacrilégio, descrevendo a ele a onda de ódio que havia caído naquele modesto santuário. Mas por que essas boas irmãs não vão para outro mosteiro na Sérvia? perguntou este senador. Por que senador? Mas simplesmente porque, desde o século XV, neste lugar, há um mosteiro cristão. Essas freiras estão em casa aqui.
E hoje, nesta igreja de Saint-Louis, no coração do hotel des Invalides, fundada por um rei muito cristão, é a oração maometana que é recitada! Certamente que num concerto. O que teria pensado a Madre Anastasia, Madre Superiora do Convento de Devič, quando viu essas fotos, quando tinha apenas 15 anos de idade? O que a Madre Makaria, superior do Monastério de Sokolica, pensaria sobre as alturas de Mitrovica? Ela me disse um dia: "Não deixe a França fazer o que deixamos aqui em Kosovo" (cito de memória).
Há dias em que você quer apenas chorar ".
----
Artigo original em francês: https://www.medias-presse.info/soumission-a-lislam-appel-a-la-priere-coranique-a-saint-louis-des-invalides/108979/

Anúncio do Blog