DIREITOS AUTORAIS
:: Ao compartilhar algum texto, sempre citar a fonte ::
Todos os artigos não assinados são de autoria e propriedade de Valderi da Silva, administrador deste blog.

A PERSONIFICAÇÃO DA HIPOCRISIA NA VIDA PÚBLICA



A hipocrisia é uma atitude tão velha quanto a própria humanidade, apesar que muitos creditam sua origem aos antigos gregos, em seus teatros. Mas aquém de sua origem, neste exato momento parece que ela se tornou personificada em um determinado grupo de pessoas que comungam da mesma alucinação ideológica: os chamados militantes petistas.

Esses "camaradas", como gostam de serem chamados ao bom estilo soviético de ser, elevaram o exercício da hipocrisia a níveis impensáveis até para os antigos gregos. Sua atual "presidenta" do Partido dos Trabalhadores, a ex-senadora Gleisi Hoffman, é a expressão máxima deste exercício herculano dos militantes petistas em personificar a hipocrisia como modus vivendi em tudo o que fazem e falam, especialmente sobre a atitude dos outros, afinal, é típico do hipócrita falar quase que exclusivamente sobre a atitude alheia, e camuflar a própria atitude, afinal, o plano é esse: minar de qualquer forma tudo o que os outros podem fazem, mesmo sendo coisas muitos boas para si e para os outros.

Ontem, dia 25 de janeiro, aconteceu o desastre em Brumadinho (MG), uma barragem da empresa Vale rompeu-se, e devastou um bom pedaço daquela região, destruindo casas e soterrando pessoas. Adivinhem o que a "presidenta" do PT fez? Exercendo o estilo hipócrita que seu grupo deseja personificar, narrou o fato como consequência do Governo de Jair Bolsonaro, que está apenas 25 dias no poder. Gleisi tenta camuflar os verdadeiros responsáveis, Dilma Rousseff e Fernando Pimentel. Um por decretar que rompimento de barragens devem ser considerados "desastres naturais", o que na prática exime as empresas de responsabilidades pelo fato, e o outro por flexibilizar em MG as licenças ambientais para tais obras.

Ou seja, Dilma e Pimentel são petistas até a raiz do cabelo, e é claro que para Gleisi e sua turma é naturalmente possível livrar a cara deles e colocar a culpa no Bolsonaro, afinal o que aconteceu ontem foi durante o governo dele e não da Dilma, um verdadeiro raciocínio "militante petista", que anula qualquer inibição moral, para validar a atitude hipócrita como modelo oficial de vida pública.



Anúncio do Blog