Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

O SIGNIFICADO DE NOSSO EXISTIR

O Papa Francisco recordou em sua reflexão no último dia 2 de agosto que o "verdadeiro significado de nosso existir terreno está no final, na eternidade".

Presenciamos em nosso tempo, uma Babel de ideologias e pseudo-filosofias que causam um verdadeiro
estrago na mente e no espírito humano. Sem contar ditas "religiões" que estão mais para seitas e algumas para associações (ou quadrilhas!) que transformam o Evangelho de Nosso Senhor num simplório manual de prestígio e prosperidade: "faça isso, e terás cem vezes mais na tua conta bancária...". Ideologias prometendo o paraíso neste mundo... como seria possível se no paraíso supõe-se a exclusão de qualquer tipo de pecado, de maldade?! Ora, sabemos que não é possível encontrar o verdadeiro paraíso neste mundo. O dito socialismo e suas variantes prega precisamente isso, as vezes de maneira clara, as vezes de maneira camuflada. Não é possível este paraíso que estas falsas religiões e demoníacas ideologias pregam! Somente no final da vida poderemos conhecer e experimentar o verdadeiro Paraíso... na eternidade!
O Santo Padre nos lembra algo importantíssimo para não deixarmo-nos cair nas garras destas ideias errôneas e nocivas, o fato de nosso existir neste mundo, com suas alegrias e tristezas, só tem significado por causa daquilo que veremos no final, a vida eterna.
Os poucos anos que passo aqui neste mundo deveriam ser vividos como quem tem plena consciência de que esta caminho para lá, para o tempo que nunca acabará. E Jesus nos deixa claro que existirá apenas dois modos de viver esta eternidade, ou junto de Deus (Céu, paraíso) ou longe de Deus ("choro e ranger de dentes", inferno).
No meio desta loucura que se instala neste mundo é urgente "ficarmos o pé" e declararmos pelo testemunho de vida, como cristãos católicos, filhos da Santa Igreja fundada por Nosso Senhor, que vivemos como quem espera a eternidade junto de Deus.

Nenhum comentário: