Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Excomunhão motivada por pedofilia na Itália

ANSA - Agência Italiana de Notícias, 29 de maio, Roma.
Papa expulsa padre acusado de pedofilia na Espanha. Segundo arquidiocese, a decisão é "irrevogável e inapelável".

Blog VALDERI: Evidentemente, concordo com o Papa em punir, conforme o Direito Canônico, pessoas que comentem tais horrores. Mas ficaria mais de acordo ainda, se houvesse o mesmo esmero noutros casos... como deixar de perseguir quem conserva a tradição litúrgica de Trento e punir os "padres moderninhos" a solta em quase todas as dioceses. Segui a notícia da excomunhão:
A arquidiocese de Oviedo, na Espanha, anunciou nesta sexta-feira (29) que o papa Francisco expulsou o padre Jesús María Menéndez Suárez, mais conhecido como Chuz, que é acusado de pedofilia.
Segundo um comunicado do órgão, o Pontífice removeu o sacerdote do seu estado clerical de maneira "irrevogável e inapelável". "Após uma série de denúncias contra o religioso em questão, a diocese de Oviedo havia pedido uma intervenção da Congregação para a Doutrina da Fé", diz a nota.
No último dia 6 de março, ainda de acordo com o documento, Jorge Bergoglio decretou a expulsão do padre. "A comunidade diocesana exprime a sua profunda dor pelos crimes que causaram um dano enorme, principalmente aos menores de idade", acrescenta o comunicado.
Suárez, de 63 anos, já estava suspenso de suas funções desde 2013 por causa de diversas acusações de pedofilia. Ele atuava como pároco em Villaviciosa, na região espanhola das Astúrias. (ANSA)
===
Print Friendly and PDF
_______________________________________________________________
ANÚNCIO DO BLOG $$$ Confira a promoção na página Loja e Negócios $$$
_______________________________________________________________

Nenhum comentário: