Destaque:

A retrospectiva de Brás Cubas

Tenho grande apreço por Machado de Assis, pois acredito que sua contribuição para a Literatura Brasileira foi muito além de incrementar ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Tomás de Aquino: Doctor Theologiae Perennis

Acervo da UNESPNeste dia 28 de janeiro, a Santa Igreja faz memória de um dos grandes santos, forjado no exercício das virtudes e na firme e decidida defesa da sã teologia. São Tomás de Aquino encanta e sempre encantará os espíritos ávidos de conhecimento puro e sapiencial, livre da ideologia doentia que mina as correntes contemporâneas, especialmente dentro das academias eclesiásticas. Curvo-me a cada página lida dos escritos deste Doctor Angelicus, desta coluna providentíssima da verdadeira teologia e também filosofia da Igreja. Abaixo faço questão de reproduzir algumas palavras do saudoso Bento XVI (o Grande), ilustrando a magnitude deste homem, filósofo, teólogo e não menos importante, santo!
Havíamos visto a grande figura de São Boaventura, franciscano, e hoje gostaria de falar daquele que a Igreja chama o Doctor communis: São Tomás de Aquino. Meu adorado antecessor, o Papa João Paulo II, em sua encíclica Fides et ratio, lembrou que São Tomás "sempre foi proposto pela Igreja como mestre do pensamento e modelo do modo certo de fazer teologia" (n. 43). Não surpreende que, depois de Santo Agostinho, entre os escritores eclesiásticos mencionados no Catecismo da Igreja Católica, São Tomás seja citado mais que qualquer outro, até 61 vezes! Foi chamado também Doctor Angelicus, talvez por suas virtudes, em particular a sublimidade de seu pensamento e a pureza de sua vida.
(Catequese do Papa Bento XVI sobre São Tomás de Aquino, 02/06/2010
Bento XVI não esta simplesmente fazendo apologia de São Tomás de Aquino, esta deixando claro que não Genésio Boff ou Walter Kasper que devo ler de "cabo a rabo" para poder ousar falar em teologia, mas sim aquele que séculos traz a perennis theologia, algo tão certo que papas e santos nunca exitaram em declarar deste modo. Como exemplo basta lembrar o que São João Paulo II falar na encíclica Fides et Ratio: "sempre foi proposto pela Igreja como mestre do pensamento e modelo do modo certo de fazer teologia" (n. 43). Proposto como modelo do jeito certo de fazer teologia! Nunca li na história de São Tomás que ele rechaçou as devoções para aprimorar sua teologia... que precisou louvar heréticos e inimigos da Igreja, que precisou ser "diplomático" para continuar sendo fiel a Cristo e seu Evangelho.
E como não ver a figura do próprio Bento XVI (o Grande) nestas palavras que ele mesmo disse deste Doutor Angélico:
Além do estudo e do ensino, Tomás dedicou-se também à pregação ao povo. E também o povo ia de bom grado escutá-lo. Diria que é verdadeiramente uma graça grande quando os teólogos sabem falar com simplicidade e fervor aos fiéis. Por outro lado, o ministério da pregação ajuda os próprios especialistas em teologia, num saudável realismo pastoral, e enriquece de estímulos vivazes sua investigação.
(Catequese do Papa Bento XVI sobre São Tomás de Aquino, 02/06/2010)
 De fato, via-se multidões irem até Bento XVI não por causa de sua simpatia exagerada, mas para ouvi-lo. Algo que acontecia com o próprio Jesus: multidões se aproximavam para ouvir-lo pregar (cf. Mc 12,37b e  Lc 5,1).
É difícil não aproveitar este dia para derramar uma longa lamentação pela situação atual das academias eclesiásticas e institutos que desejam ser reconhecidos como lugares acadêmicos. Lamentável perceber o nível baixíssimo das reflexões teológicas e filosóficas apresentadas pelos estudantes e mais triste ainda fica este quandro quando notamos os cléricos falando muito mais sobre o mundo financeiro e esportivo do que teologia sustentada por uma sã filosofia. Cena triste ver sacerdotes e bispos dedicarem os minutos de suas homilias para falar asneiras e futilidades, palavras que tentam ser algodão doce nos ouvidos mornos de tantos católicos. Se levasse a sério aquela frase popular "deve estar se revirando no túmulo", iria até Toulouse, na França para socorrer os restos mortais de Tomás de Aquino.

Nenhum comentário: