Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Crônicas natalinas: O frango “laranja”

Nada mais simpático que o tempo do Natal, todos parecem que ecoam as mesmas palavras “paz, amor e harmonia”. Tudo seria tão bonito se realmente não fosse apenas posturas ocasionais. E falando nisso me recordo de um espisódio  que, na verdade nada mais é do que consequência deste arquétipo do moderno natal.

Já faz algumas décadas, numa cidade periférica, onde a população em geral se nutre das “sobras” da vida metropolitana, que numa humilde família existia uma senhora que era como que a chefe, sendo sempre o ponto de união dos filhos e noras. De fato, esta senhora que nutria uma grande devoção e se orgulhava por ser uma cristã católica convicta era vista como um exemplo por todos na família e fora dela.

frango de natal Aconteceu que num natal, ou melhor na véspera dele, um dos filhos largou uma frase que caiu como uma martelada, certeira e definitiva na devoção daquela senhora e em alguns da família. Ao se combinar a ceia de natal, supondo a participão na Santa Missa de véspera do Natal, o referido filho disse: “vocês vão que a gente prepara o frango para a janta”. Maldito frango!

Por que maldito? Porque este frango virou um “laranja” para não participar como se deveria da celebração da Santa Missa vespertina de Natal, algo que todo cristão consciênte e que espera algo de Deus sabe que deve fazer. Ficou então este filho e mais alguns membros da família supostamente desempedidos da participação na Santa Missa tendo orgulhosamente o maldito frango “laranja” como escopo para comemorar de fato o Natal.

O sentimento que ficou é que o Natal não foi comemorado, mas sim o frango assado… o tal do frango “laranja”.

Nenhum comentário: