Destaque:

A retrospectiva de Brás Cubas

Tenho grande apreço por Machado de Assis, pois acredito que sua contribuição para a Literatura Brasileira foi muito além de incrementar ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Argentina: pornografia, violência e discriminação nas escolas

Continua a crescer na América Latina os esforços por destruir qualquer valor que enriqueça o ser humano, fazendo com este povo latino americano vá se aproximando cada vez mais da chargeta moral, onde reina uma vida prostituida pelos vícios, vendida a preço baixíssimo, a custo do silêncio das inúmeras vozes que sabem a lama para onde estão sendo empurrados por uma “meia dúzia” de comunistas-socialistas.

O site argentino ArgentinosAlerta.Org publicou recentemente uma postagem sobre mais uma investida do governo federal, visando dissiminar a “doutrina” pornográfica na mente das crianças e adolescentes.

Segundo o site, foi distribuído às escolas de Mendoza vários livros com conteúdo que vão desde violência sangrenta a sexo explícito, com gravuras e narrações detalhadas. O diretor da escola técnica Ingeniero Guillermo Villanueva de Maipu, Osvaldo Calvente, foi quem denunciou a situação aos medios de comunicação. Ele se negou a pôr os livros na biblioteca de sua escola.Argentina Livros Pornograficos 1E é claro que não bastaria só apresentar imoralidades às crianças e adolescentes. O “dedicado” governo de Cristina Kirchner também aproveita o que pode para cutucar a Igreja Católica, pois sabe que esta é sua maior barreira para fazer desenvolver seus planos políticos de destruição moral da Argentina:

Además de la pornografía que muestran los libros, también hay burlas hacia la Iglesia Católica, y se promueven hábitos que rozan lo desagradable, entre otros generan diversas críticas. Una de las historietas muestra desde el comienzo un asesinato, una mujer desnuda y sexo explícito.

É típico de um governo socialista – que sabe-se necessária anarquizar a sociedade para desmantelar seus bons costumes – atacar de forma sacrílega a Igreja e tudo o que lhe é sagrado. Vejam como um livro apresenta o Pai Nosso:

Argentina Livros Pornograficos 2

Padre nuestro que estás en el cielo
Lleno de toda clase de problemas
Con el ceño fruncido
Como si fueras un hombre vulgar y corriente
No pienses más en nosotros.

Comprendemos que sufres
Porque no puedes arreglar las cosas.
Sabemos que el Demonio no te deja tranquilo
Desconstruyendo lo que tú construyes.

El se ríe de ti
Pero nosotros lloramos contigo:
No te preocupes de sus risas diabólicas.

Padre nuestro que estás donde estás
Rodeado de ángeles desleales
Sinceramente: no sufras más por nosotros
Tienes que darte cuenta
De que los dioses no son infalibles
Y que nosotros perdonamos todo.

 

Diz o CIC no seu páragrafo 2120: “O sacrilégio consiste em profanar ou tratar indignamente os sacramentos e as outras ações litúrgicas, bem como as pessoas, as coisas e os lugares consagrados a Deus”, e ainda afirma ser o sacrilégio um pecado grave.

Continua o post do ArgentinosAlerta.Org:

Violencia, vulgaridad, sexo explícito, discriminación, resentimiento y anarquismo

En los libros pueden leerse frases como "en estas fiestas lo que más deseo es hacer brindar a mi familia con meo", "el amor es soportar la mierda del otro", "un drogadicto es siempre preferible a un comunista" y que éste es capaz de asesinar; o consejos para entrenar a los más chicos para el próximo concurso de eructos o cómo producir una orina exótica y aromática, o un reconocimiento para quien tenga el miembro más grande; también desafortunadas burlas a los católicos con un "Padre Nuestro" de Nicanor Parra en el que sostiene que tiene el "ceño fruncido como si fueras un hombre vulgar y corriente", generaron el malestar en muchos maestros y directivos que, por temor "a represalias" prefirieron el anonimato.

A certeza que cresce em mim é a de que nunca um país governado por mentes esquerdistas, doutrinados pelo comunismo e socialismo, se utilizaram de armas leves para moldar a “massa” a seu benefício, ideológico ou meramente material. Mas não podemos de deixar isso acontecer sem ao menos se levantar corajosamente e argumentar contra, tentando valentemente, iluminar as trevas do erro.

O que vemos acontecer no sistema educacional de alguns países é nada menos que uma investida diabólica para afastar o ser humano de Deus e de Sua vontade, em primeiro passo desfigurando a própria natureza humana, para depois destruir a necessidade de Deus na vida de cada indivíduo.

Nenhum comentário: