Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Na liturgia, podemos tocar Deus

“A  Igreja se torna visível de várias maneiras, as ações de caridade os projetos de missão, os apostolados pessoais…”, “mas o lugar em que fazemos a experiência mais plena sobre a Igreja é na Liturgia…”.
É no momento da celebração litútgica que nossos sentidos ficam mais sensíveis a Deus, é na liturgia que podemos elevar de tal forma nosso espírito sobrepondo-o ao corpo e como que tocando a Deus. Sem exagero, nas palavras do Santo Padre, podemos perceber não somente sua devoção pessoal a Liturgia, mas a real postura diante de tão excelente momento na oração cristã.
”A litugia é celebrada por Deus, não por nós mesmos, é obra dele. Ele é o sujeito e nós devemos nos abrir a Ele…”
Especialmente a Liturgia da celebração eucaristica, deve nos elevar, não somente pelo espírito, mas também pela vontade e inteligência, a nos aproximar mais de Deus, tocá-Lo também no aumento de nossa disposição a uma vida cristã mais exigente, mais devota e testemunhal. Também toca-Lo com a máxima compreensão de sua Vontade, algo que podemos aceitar pelo intelecto, mesmo não compreendo perfeitamente seu misterioso desígnio.
”Peçamos ao Senhor que nos ensine a viver a liturgia a cada dia, especialmente, a celebração eucaristica”.
 

Nenhum comentário: