Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Extremistas muçulmanos matam a dois jovens cristãos no Paquistão

No dia 15 de setembro extremistas islâmicos da etnia pashtún balearam dois jovens cristãos no bairro de Essa Nagri, nos subúrbios do Karachi, Paquistão, enquanto exigiam o pagamento da "jizya", a quota imposta pela "sharia" (lei muçulmana) àqueles que não seguem o Islã.

Em Essa Nafri vivem pelo menos 50 mil cristãos sob constantes ameaça dos extremistas. Esse dia, extremistas a bordo de motocicletas assaltaram o povado exigindo aos residentes o pagamento deste imposto e desataram uma briga na qual assassinaram Nasir Masih, católico, e Rafi Masih, cristão protestante. Outros dois resultaram feridos.Perseguicao religiosa

Conforme informou o pároco católico da região, Pe. Víctor John, à agência vaticana Fides, para proteger os cristãos "decidiram construir um muro e fechar uma entrada a Essa Nagri, a qual se encontra do lado do bairro muçulmano, onde vivem os pashtun e os baluchis, que realizam os atentados".

Além disso, diante da situação de terror, a extrema pobreza e a carência de serviços básicos, os cristãos organizaram um serviço de segurança interno, para tentar proteger-se, "agora Essa Nagri é um gueto, com uma única porta de acesso", assinalou o Pe. Víctor.

"Pedimos à polícia que proteja a população de Essa Nagri, que há meses é vítima de abusos", e "pedimos aos cristãos que não atuem com vingança, que sejam pacíficos, mesmo nos protestos legítimos", exortou o sacerdote.
No dia 17 de setembro, o sacerdote compareceu aos funerais dos dois homens assassinados e denunciou que a situação dos cristãos é insustentável, enquanto que a polícia não faz nada para freiar a violência.

Para evitar novos distúrbios ou provocações, os defuntos não serão enterrados no cemitério "já que a situação é muito tensa, também devido às recentes protestas muçulmanas contra o filme 'A inocência dos muçulmanos'", e ambos os corpos serão enterrados na "Awama Church" ("Igreja de Todos"), uma igreja cristã multiconfessional.

Este foi o terceiro ataque perpetrado em duas semanas dentro deste subúrbio cristão, alvo de grupos extremistas que atuam sem que a polícia os detenha, e onde já perderam a vida quatro pessoas.

____________________________

Fonte: ACI/EWTN Noticias

Negritos do Blog VALDERI

Nenhum comentário: