Destaque:

El centenario de las apariciones de la Virgem Maria en Fatima

Rosa Caroline Crespo Fernández Valderi da Silva En su visita al santuario de Fátima en 1982, San Juan Pablo II proclamaba que "a ...

Você escolheria a Monarquia como melhor sistema de governo para o Brasil?

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Cristãos estão morrendo! Como não ver?

Perseguicao religiosa Como irmãos na fé, é impossível não deixar a tristeza invadir o peito a cada notícia vinda destes países onde o cristianismo é minoria e onde o país é governado sob uma lei que permite o extremismo religioso. Não coloco-me em guerra contra estes extremistas, que em sua maioria se tratam de seguiram do islamismo. Mas como cristão, sou chamado a orar por estes irmãos perseguidos por causa da fé e também a defendê-los publicamente diante do “leão” que mostra seus dentes querendo devorá-los.

O assunto do extremismo religioso é muito extenso e já ocupou grandes pensadores e estudiosos. No entanto, o que parece simples de perceber é que, a concepção de Deus não deve ser esta estes que realizam tal atrocidas têm. Como se pode admitir um Deus que manda matar pessoas inocentes por causa de sua fé? Imediatamente, deixo registrado que não esqueço que durante um grande período da história da própria Igreja cristã católica, levantou-se uma bandeira defendendo que era vontade de Deus fazer guerra contra os infiéis. Mas este assunto é muito delicado, pois existem várias contradições na história que ensinam por aí sobre as tais cruzadas.

Enfim, meu objetivo não é falar do passado, mas olhar para este presente onde cristãos estão sofrendo humilhações e sendo mortos, tudo por causa de sua fidelidade a Cristo e a Igreja.

Todos os cristãos que vivem em terras distantes das deles, se vêem obrigados a solidarizar-se com estes irmãos e rezar constantemente por suas vidas e sua fé.

***

>> Algumas notícias recentes:

Bomba mata 12 cristãos durante um funeral na Síria [30/08/2012]

Bispos latinos das Regiões Árabes expressam solidariedade com cristãos na Síria [30/08/2012]

Arcebispado Grego-Católico é saqueado durante violência na Síria [30/08/2012]

Homem é preso por converter a 300 pessoas ao cristianismo [29/08/2012]

Mais de doze mil católicos isolados pela violência na Síria [23/08/2012]

Arcebispo pede ajuda para que a Nigéria não seja destruída pelo extremismo muçulmano [22/08/2012]

O drama dos Cristãos no Sudão [artigo recomendado]

3 comentários:

Anônimo disse...

Estas perseguições tem a ver com a ligação que estes povos fazem da religião Católica com os paises ocidentais, principalmente EEUU, Inglaterra e França, paises ditos cristãos que no passado e também agora no presente saquearam e se adonaram de suas riquesas, (Petróleo etc...) Vemos as ultimas guerras como a do Iraque, Afganistão, Libia, e agora na Siria o dedo americano e Ingles, financiando rebeldes, difamando governos, semeando discordias entre estes povos, matando como no Iraque e Afganistão milhares de inocentes que viviam em suas terras com sua cultura e religião e de repente surgem invasores querendo subjuga-los a seus interesses, e dentro desta realidade não fica dificel culpar Cristãos por estas desgraças, por isto é importante a religião também respeitar a crença alheia seja ela qual for, afinal se Deus quisesse que toda a humanidade tivesse uma só visão de Deus ele teria dado um geito, por acaso ele não é o todo poderoso, que tudo fez, tudo sabe, até nossos pensamentos, e se Religiões são uma questão de fé temos de respeitar a fé de quem não pensa como nós, afinal qual a diferença de um Cristão crer que Jesús subiu ao céu em cima de uma nuvem ou de um muçulmano crer que Maomé subiu montado em um cavalo com asas? Os mesmos argumentos que os Cristãos tem para defender suas crenças as outras crenças também tem, ou por acaso os Cristãos (Católicos, Protestantes etc...) nunca perseguiram ninguém?

Valderi Silva disse...

Obrigado pelo comentário.
Certamente devemos olhar com muito respeito para os outros que seguem outra crença, sem dúvida.
Mas não podemos fazer confusão: tudo é igual? Deus quis que o ser humano tivesse várias "visões" a seu repeito? Não e não! Tudo não é igual, se tudo fosse igual, teremos que admitir que Deus não é justo, pois deixa uma crença louvar sua misericórdia enquanto outra Ele deixa louvar a guerra como meio de purificar o mundo. Isto é relativismo do mais simplório e grosseiro. E depois, uma fé não é uma "visão" de Deus, uma fé verdadeira é um assentimento daquilo que conhecemos da Revelação Dele mesmo a nós, algo acontecido na história humana. Portanto, precisa-se saber mais claramente o que é FÉ para depois falar dela.
Como é sabido, os cristãos também caíram neste grave erro de perseguir os que eram contrários ao cristianismo, MAS NÃO CONDENAVAM A MORTE, um honesto historiador vai concordar com isso... precisa-se estudar e não falar de historinhas que se lê em revistas semanais. Teve guerras "santas" motivadas por um ideal cristão, mais elas não estavam claras no meio ao alcançar o objetivo, por isso houve muitas mortes, por que o meio usado não foi o mais coerente com a fé.
Enfim, não podemos justificar os erros do presente com os erros de OUTROS do passado. Quem se utiliza deste argumento e quem não têm mais nada para defender!

Anônimo disse...

Gostaria de uma resposta sobre uma interogação ue tenho a muito tempo, porque Deus na sua onipotencia só se revelou para o povo Hebreu? Segundo a Biblia eles eram o povo escolhido, os outros eram os inimigos, podia-se matá-los que isto até seria do agrado de Deus, é só lermos a Biblia no antigo testamento que isto está explicito, e não adianta querer interpretar de outra forma, então eu pergunto: Estes outros povos, (e foram milhões durante toda a história da humanidade) que viveram e morreram sem terem o conhecimento do Cristianismo, mais explicitamente da Igreja Católica, que tiveram a religião de seus antepassados, legadas por seus profetas ou iluminados e viveram honestamente, estão todos condenados ao inferno? Os milhões de Chineses, japoneses, Hindús etc... que viveram e ainda vivem com suas crenças, o que os espera? Eles não foram criados a imagem e semelhança de nosso DEUS? Será que Deus é Europeu? Por isto eu sempre afirmo: Devemos respeitar as crenças e a fé de outros povos, detesto o fanatismo, seja ele religioso , politico, racial etc... mas tem sempre alguns que ainda almejam a volta do obscurantismo, do preconceito e descriminação aos diferentes, como existiu em minha cidade no tempo de minha infancia e juventude, onde eramos ensinados e educados a descriminar e desprezar quem não era católico, este tempo já passou. Religião nem uma tem todas as respostas, e todas tem seus erros e discrepancias. Mas espero resposta porque Deus não se revelou a todos os povos de uma forma clara e objetiva e preferiu o povo Hebreu?